BNDES antecipa devolução de R$ 30 bilhões ao Tesouro; política de desinvestimento do Governo Temer conduz nação à grave retrocesso

Com o pagamento feito na segunda-feira (20/08/2018) ao Tesouro Nacional de parcela adicional antecipada no valor de R$ 30 bilhões, o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) concluiu a programação de liquidação antecipada prevista para este ano, relativa a contratos firmados entre a instituição e a União, no valor de R$ 130 bilhões.

O anúncio foi feito na terça-feira (21) pelo presidente da instituição, Dyogo Oliveira. Para 2019, a meta é devolver ao Tesouro mais R$ 26 bilhões.

Desde dezembro de 2015, o BNDES já liquidou R$ 310 bilhões de dívidas com a União, contribuindo com o equivalente a cinco pontos percentuais do Produto Interno Bruto (PIB, soma dos bens e serviços produzidos no país) para a redução da dívida bruta, desde aquela data.

Os recursos devolvidos não podem ser usados para aumento das despesas primárias do governo, entre as quais investimentos e despesa de pessoal. Eles só podem ser utilizados pela União para abatimento da dívida pública, conforme foi definido pelo Tribunal de Contas da União (TCU), em 2016.

A política econômica neoliberal do Governo Temer conduz o país à grave retrocesso socioeconômico.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]