A liberdade de livre escolha | Por Alberto Peixoto

O livre-arbítrio é a capacidade de escolha pela vontade do ser humano.

O livre-arbítrio é a capacidade de escolha pela vontade do ser humano.

Deus concedeu às pessoas o Livre Arbítrio. Isto significa que o ser humano tem idoneidade total para decidir suas ações. Porém, os “coxinhas” da direita brasileira, a todo o momento tentam extinguir este direito inalienável dos indivíduos.

A liberdade de livre escolha no Brasil, seja em qualquer segmento, é muito difícil, a começar pelos religiosos, principalmente os protestantes, que se auto intitulam escolhidos por Deus e com lugar garantido no céu. Os fiéis deste culto são intransigentes, não respeitam e nem aceitam a escolha das outras pessoas por outra religião que não seja a que ele professa.

A intolerância religiosa dos protestantes gera uma confusão na cabeça de suas “vítimas”, levando-as a tomar a decisão de se acharem agnósticas (teísta ou ateísta), mas na realidade não é nada disso. É o efeito da intolerância religiosa que cerceia todos os seus direitos materiais e espirituais, conspirando para que se sintam agnósticas. Eles bem sabem que existe um Criador para tudo que se encontra na face da terra. E no Universo? Claro que o Universo também foi criado por um Ser superior. Não importa o Seu nome.

Mas o protestante não para de perseguir os indivíduos até conseguir seu intento ou, até quem sabe, gerar uma desarmonia nas relações entre ambos. A intolerância religiosa cerceia os direitos de livre escolha.

O mesmo acontece na política partidária. Existe uma polarização política na sociedade brasileira muito evidente. Porém, os que se dizem de direita, cometem um engano teórico sobre o que é ser de direita, de esquerda e o que venha a ser o nazismo. Os “coxinhas” de direita, por falta de argumento, procuram iludir as pessoas – principalmente as menos esclarecidas – transparecendo que a esquerda brasileira quer instaurar uma ditadura comunista-esquerdista no Brasil.

Quem denomina os partidos de esquerda brasileiros, principalmente o PT, de comunista, demonstra um total desconhecimento sobre o verdadeiro significado desta expressão. Esta prática é utilizada pelos imprudentes de direita (que nem sabem o que venha a ser direita ou esquerda política), na tentativa de extinguir o direito de livre escolha do cidadão, amedrontando seus adversários com a desinformação (terrorismo psicológico).

Essa farfalhada foi muito utilizada no “Estado Novo” da ditadura militar e hoje também é excessivamente utilizada pela Rede Globo de Comunicação. Essa atitude sempre fez parte do jogo político rasteiro dos veículos de comunicação que compõem o PIG – Partido da Imprensa Golpista. Veículos estes, que deveriam exercer seu papel de informar com imparcialidade, sem induzir opiniões.

Deus deu ao homem o direito de escolher qualquer coisa, a qualquer momento. O “livre Arbítrio” é um conceito defendido como importante ferramenta para a ponderação moral e ética por várias autoridades e conceitos religiosos. Portanto é fundamental que você não abra mão de exercer todos os seus direitos.

*Alberto Peixoto é escritor ([email protected]).

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Alberto Peixoto
Antonio Alberto de Oliveira Peixoto, nasceu em Feira de Santana, em 3 de setembro de 1950, é Bacharel em Administração de Empresas pela UNIFACS, e funcionário público lotado na Secretaria da Fazenda do Estado da Bahia, atua como articulista do Jornal Grande Bahia, escrevendo semanalmente, é escritor e tem entre as obras publicadas os livros de contos: 'Estórias que Deus Duvida', 'O Enterro da Sogra, 'Único Espermatozoide', 'Dasdores a Difícil Vida Fácil', participou da coletânea 'Bahia de Todos em Contos', Vol. III, através da editora Òmnira. Também atua incentivador da cultura nordestina, sendo conselheiro da Fundação Òmnira de Assistência Cultural e Comunitária, realizando atividades em favor de comunidades carentes de Salvador, Feira de Santana e Santo Antonio de Jesus. É Membro da Academia de Letras do Recôncavo (ALER), ocupando a cadeira de número 26. E-mail para contato: [email protected] Saiba mais sobre o autor visitando o endereço eletrônico http://www.albertopeixoto.com.br.