Senadora Lídice da Mata crítica desinvestimento do Governo Temer em Ciência e Tecnologia e pede que CNJ investigue ameaças ao desembargador Rogério Favreto

Lídice da Mata: mporta a motivação do Constituinte, porque ela registra o seu desejo de não ter mais, neste país, um governo autoritário, constituído, ou pela força das armas, ou pela força do oportunismo político e articulado de alguns. Mas este foi o desejo do Constituinte. Se querem mudar o desejo do Constituinte, façam outra Constituição, mas não me venham dar interpretações que não correspondam ao desejo efetivo e que não está escrito na Constituição do Brasil.

Lídice da Mata: importa a motivação do Constituinte, porque ela registra o seu desejo de não ter mais, neste país, um governo autoritário, constituído, ou pela força das armas, ou pela força do oportunismo político e articulado de alguns. Mas este foi o desejo do Constituinte. Se querem mudar o desejo do Constituinte, façam outra Constituição, mas não me venham dar interpretações que não correspondam ao desejo efetivo e que não está escrito na Constituição do Brasil.

A senadora Lídice da Mata (PSB-BA), em pronunciamento realizando no dia 9 de julho 2018 (segunda-feira), denunciou cortes no orçamento para a Ciência e Tecnologia (C&T) que estariam comprometendo o andamento de projetos de pesquisa. Ela requisitou, também, que o Conselho Nacional de Justiça (CNJ) investigue quem ameaçou o desembargador Rogerio Favreto depois de sua decisão pela liberdade do ex-presidente Lula.

Defesa de C&T

Ao lembrar que em 8 de julho se comemora o Dia do Pesquisador e da Ciência no Brasil, a senadora lamentou que os cortes orçamentários nos últimos anos venham afetando o setor, dificultando a compra de materiais e equipamentos e até mesmo o pagamento de bolsas de pesquisa e extensão. Segundo ela, os cortes, em algumas universidades, chegaram a 40%, o que compromete o andamento de projetos importantes.

Dados do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações indicam que, em relação ao ano passado, o orçamento deste ano é 12% menor, acrescentou Lídice.

É preciso muita determinação para tocar ensino, pesquisa, extensão e investigação científica em nosso país nos dias atuais. Enquanto o governo federal não entender que a pesquisa não é gasto, é investimento, não chegaremos a lugar nenhum. E da pesquisa dependem diversos outros setores, como saúde e educação, por exemplo.

Agressão contra desembargador

Ela lembrou que a decisão de Favreto foi suspensa, num episódio que, segundo ela, contou com a participação indevida de magistrados em férias.

Isso tudo, na opinião da senadora, reforça a tese de que parte do poder Judiciário tem agido de forma parcial, para impedir que o ex-presidente Lula participe do processo eleitoral.

O que ficou claro para o Brasil é que, mais uma vez, parte da Justiça brasileira está claramente empenhada em perseguir a figura do presidente Lula. E que o juiz Sérgio Moro chega ao extremo de transformar isso numa causa pessoal e não num caso que interessa ao Estado brasileiro, donde, de férias ou afastado do processo, ele se acha no direito de interferir.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]