Secretaria Municipal da Saúde de Feira de Santana promove ‘Campanha de Vacinação contra Sarampo e Poliomielite’

SMS de Feira de Santana deflagra ‘Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo’.

SMS de Feira de Santana deflagra ‘Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo’.

Entre os dias 6 e 31 de agosto de 2018, a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), deflagra ‘Campanha de Vacinação contra Poliomielite e Sarampo’, tendo 18 de agosto como o dia D de mobilização nacional. Este ano a meta da Secretaria é imunizar 95% do público alvo, formado por crianças de um ano até quatro anos, 11 meses e 29 dias de vida.

“Estaremos orientando pais e responsáveis, através dos profissionais de saúde, sobre a importância de levar as crianças para serem imunizadas, minimizando as chances de adoecimento e ajudando a manter essas doenças sob controle”, informa a referência técnica em imunização, Carlos Henrique Valverde.

A campanha tem como foco o público infantil devido à baixa cobertura vacinal apontada pelo Ministério da Saúde. Mas as vacinas contra sarampo e poliomielite são distribuídas durante todo o ano nas Unidades de Saúde para crianças de um a três anos e pessoas com idade entre 12 e 49 anos que nunca foram vacinadas.

“Para o público de 12 a 29 anos são administradas duas doses com intervalo de 30 dias. Já os adultos de 30 a 49 anos necessitam apenas de uma dose. Lembrando que essas pessoas só recebem a vacina caso não tenham tomado durante a infância”, ressalta.

Transmissão através de via oral

A poliomielite é uma doença infectocontagiosa viral aguda, caracterizada por um quadro de paralisia flácida. Sua principal característica é a flacidez muscular com sensibilidade. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa pela via oral (ao falar, tossir ou espirar), por objetos, alimentos e água contaminada com fezes de portadores da doença. Desde 1990 não são registrados casos no Brasil.

O último surto de sarampo foi registrado em 2015, tendo atualmente casos registrados em Roraima e Amazonas. A doença tem como sintomas: tosse, coriza, olhos inflamados, dor de garganta, febre e irritação na pele com manchas vermelhas. A transmissão ocorre de pessoa para pessoa, por meio de secreções respiratórias. A vacina é o meio mais eficaz para prevenção.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]