Salvador: Com Caio Blat e grande elenco, ‘Grande Sertão: Veredas’ chega ao Teatro Castro Alves

Apresentação do espetáculo 'Grande Sertão: Veredas'.

Apresentação do espetáculo ‘Grande Sertão: Veredas’.

A epopeia narrada pelo jagunço Riobaldo (Caio Blat), que atravessa o sertão para combater seu maior inimigo, Hermógenes (Leon Góes), fazer um pacto com o diabo e descobrir seu amor por Diadorim (Luíza Lemmertz): assim é Grande Sertão: Veredas, espetáculo de Bia Lessa baseado no romance de Guimarães Rosa que será encenado neste sábado (21/07/2018), na Sala Principal do Teatro Castro Alves (TCA), em Salvador.

Vencedor do Prêmio APCA 2017 na categoria Melhor Direção (Bia Lessa), do Prêmio Shell nas categorias Melhor Direção (Bia Lessa) e Melhor Ator (Caio Blat) e do Prêmio Bravo! 2018 na categoria Melhor Espetáculo de Teatro (Grande Sertão: Veredas), Grande Sertão: Veredas chega à Bahia após temporadas de casa lotada, em São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte.

“O teatro para mim é sagrado. Me dedico a ele de tempos em tempos, não me sinto com capacidade de realizar espetáculos um após o outro. Me deparei com o Grande Sertão e ele se apoderou de mim mais uma vez. Escolhemos não utilizar grandes efeitos ou recursos, a não ser a valorização do universo sonoro dos espaços propostos pelo romance, apenas os próprios atores”, pontua a diretora.

Bia conhece profundamente o Sertão de Guimarães Rosa. Ela levou o público para dentro da obra na inauguração do Museu da Língua Portuguesa (SP), em 2006. A exposição foi aclamada por onde passou. Agora, ela convida a plateia a um mergulho fundo em um dos romances brasileiros mais importantes do século 20 no palco.

A concepção espacial é de Camila Toledo, com a colaboração de Paulo Mendes da Rocha e conta com uma grande estrutura tubular que lembra um claustro. Os espectadores que estiverem nessa estrutura montada no palco usarão fones de ouvido que permitirão escutar separadamente a trilha sonora, as vozes dos atores, os efeitos sonoros e sons ambientes, levando-o a um nível inédito de interação com a dimensão sonora do espetáculo.

A trilha sonora é composta por três camadas: os ruídos e sons ambientes, a música composta por Egberto Gismonti e a trilha sonora que representa nossa memória emotiva, com músicas que fazem parte de nosso imaginário. Os figurinos de Sylvie Leblanc com adereços de Fernando Mello da Costa fazem uma leitura do sertão, sem regionalizá-lo.

Agenda

O quê: espetáculo Grande Sertão: Veredas

Quando: 21 de julho, às 21 horas

Local: Sala Principal do Teatro Castro Alves

Endereço: Praça Dois de Julho, s/n, Campo Grande – Salvador

Classificação: 18 anos

Duração: 140 minutos

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]