Netflix gastou mais de US$ 30 bilhões com conteúdo nos últimos cinco anos

Infográfico apresenta dados sobre investimentos trimestrais de caixa da Netflix em streaming de conteúdo.

Infográfico apresenta dados sobre investimentos trimestrais de caixa da Netflix em streaming de conteúdo.

A Netflix divulgou seus relatórios fiscais no início dessa semana, o que nos mostrou que a empresa não conseguiu atingir as metas de crescimento no número de assinantes, algo que era esperado pelos investidores. No entanto, ainda não há sinais de que isso vai desacelerar a estratégia da companhia de investir com força na expansão do catálogo.

Como mostra o gráfico abaixo, a companhia gastou mais de US$ 5 bilhões em conteúdo apenas no primeiro semestre desse ano. No total, já foram mais de US$ 30 bilhões que a Netflix investiu em produção de programas originais e no licenciamento de filmes e séries desde o início de 2014. Quase um terço disso foi gasto apenas nos últimos 12 meses.

Também é possível ver que os gastos crescem em praticamente todos os trimestres, o que provavelmente vai continuar acontecendo. O serviço de streaming já tem US$ 4,5 bilhões destinados aos gastos em conteúdo para os próximos 12 meses, não sendo difícil imaginar que esse número suba um pouco e ultrapasse os US$ 5,3 bilhões da primeira metade do ano.

Como resultado da performance abaixo do esperado, as ações da Netflix chegaram a sofrer queda de 14%, embora tenham se recuperado ao longo do dia seguinte. Em um comunicado, os diretores tentaram tranquilizar os investidores, embora não tenham dado explicações para justificar o baixo número de novos assinantes.

*Com informações da TecMundo.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]