+ Manchetes >

Hospital da Mulher de Feira de Santana ganha novo leito de UTI nenonatal e amplia capacidade de atendimento

Unidade de Terapia Intensiva neonatal do Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Unidade de Terapia Intensiva neonatal do Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Redução na espera de vagas e ampliação da capacidade de atendimento às mães com recém-nascidos prematuros passam a ocorrer, a partir de agora, no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital Municipal da Mulher de Feira de Santana, com a implantação de mais um novo leito de UTI neonatal.

Somente entre os meses de junho de 2017 e junho deste ano nasceram prematuramente na unidade hospitalar 186 bebês, dados que justificam o investimento para a ampliação da Unidade de Terapia Intensiva.

Constituídos por incubadoras, ventiladores mecânicos, bombas de infusão (administrar o controle de fármacos e drogas delicadas), monitores multiparamétricos (monitoramento das condições do coração, respiração e pressão arterial) e aparelhos de fototerapia, os leitos de UTI neonatal são destinados para recém-nascidos prematuros (nascido antes de 36 semanas), com insuficiência respiratória grave, cardiopatia e algumas síndromes.

“São muitas crianças que nascem na unidade e que precisam de UTI nenonatal”, explica a enfermeira Juliana Rigaud.

Atendimento muito bom, diz pai de bebê prematura

É o caso da pequena Keyla de apenas 36 semanas, filha de Nilza Ribeiro, 27 anos, e de Bruno dos Anjos, 21. Internada na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), a bebê precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há poucos dias.

“O médico disse que minha filha precisava de mais cuidados, aí veio para cá (UTI) para descobrir o que ela tem. Espero que fique boa logo. O atendimento daqui é muito bom”, relata Bruno.

Referência na região; recursos próprios do Município

Referência em atendimento, atualmente a unidade possui nove leitos de UTI neo que atendem pacientes de Feira de Santana e municípios adjacentes como Amélia Rodrigues, Santo Estevão, Santa Bárbara, Irará, Ipecaetá, Coração de Maria, Conceição do Jacuípe, Antônio Cardoso, São Gonçalo dos Campos, Conceição da Feira e até Serrinha.

A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), Gilberte Lucas, frisa que o investimento e a manutenção são realizados totalmente com recursos próprios do município.

“O hospital possui um número grande de recém-nascidos com taxa de 11% de prematuros e que, às vezes, ficam no Centro Obstétrico (CO), aguardando vaga na UTI. Com esse novo leito ampliamos a capacidade de melhoria no atendimento dando maior assistência a esses recém-nascidos que necessitam de vaga UTI neonatal”.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]