Festival Santista de Teatro divulga selecionados para as mostras regional e nacional; espetáculo baiano é um dos escolhidos

Espetáculo ‘Isso Não é Uma Mulata’ será apresentado no 60º Festival Santista de Teatro.

Espetáculo ‘Isso Não é Uma Mulata’ será apresentado no 60º Festival Santista de Teatro.

Já estão definidos nove dos dez espetáculos que integrarão as mostras estadual e nacional do Festival Santista De Teatro – Festa 60, cuja histórica 60ª edição será realizada entre os dias 24 de agosto e 2 de setembro de 2018, em Santos (SP). O espetáculo soteropolitano ‘Isso Não é Uma Mulata’, da Gameleira Artes Integradas, é um dos quatro selecionados para a mostra nacional do festival.

Para chegar à lista – foram quase 300 montagens inscritas, contemplando diversas regiões do país –, a curadoria do festival observou não só o alinhamento com o tema desta edição – ‘Mulheres em Cena: Da luta de Pagu aos dias de hoje’ -, como também a trajetória, a relevância e a excelência artística dos grupos. As propostas de pesquisa e encenação também estiveram sob análise.

Abertura

A organização do festival também confirmou ‘A Vida em Vermelho – Brecht & Piaf’, com Letícia Sabatella e Fernando Alves Pinto e direção de Aimar Labaki, como o espetáculo de abertura desta edição. A sessão está marcada para o Teatro Coliseu, no dia 24 de agosto (sexta-feira), às 21 horas.

Mostra regional

Os espetáculos selecionados juntam-se às nove produções da região da Baixada Santista previamente anunciadas para completar a programação do #FESTA60. São elas: ‘A Revolução das Águas’, da Associação Cultural Incena Brasil; ‘Arrastão’, da Cia Etra de Dança; ‘Pagu: qual o gosto do mundo? As várias faces de Patrícia Galvão’, da Cia Teatral Carcarah Voador; ‘Um discurso para minha Vó’, da Cia Vozavós; ‘Willian…e nós…’, do Coletivo Makeshake; ‘Cinderela Brasileira’, do Grupo Casa 3; ‘Zona!’, do O Coletivo; ‘Darluz’, da Cia. O que é que o gato esconde?, e ‘Cortejo Praiaças’, do Movimento de Palhaçaria Feminina da Baixada Santista.

A 60ª edição

Ao focar a diversidade teatral, o FESTA 60 apresentará um importante recorte da atual produção brasileira adulta e infanto-juvenil em seus mais variados gêneros e formatos, inéditos ou não, em espaços convencionais, alternativos e de rua. Todas as sessões serão gratuitas e distribuídas por vários pontos da cidade, contemplando assim diferentes públicos.

O festival é uma parceria entre o Movimento Teatral da Baixada Santista, o Sesc Santos, a Secretaria Municipal de Cultura – Prefeitura de Santos, a Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo – ProAC 2017 e o Ministério da Cultura – Governo Federal.

Festival Santista de Teatro

Criado em 1958, o FESTA é o mais antigo festival de artes cênicas em atividade do Brasil, reconhecido pelo Governo Federal com a Ordem do Mérito Cultural. Sessenta anos depois, celebra a trajetória de sua criadora – a escritora, jornalista, produtora cultural e militante política Patrícia Galvão, a Pagu. E a de tantas mulheres que inspirou a se tornarem protagonistas, nos palcos e na vida.

O evento, onde despontaram dramaturgos como Plínio Marcos e Carlos Alberto Soffredini, também se posiciona historicamente ao propor o debate e a reflexão sobre as artes e políticas culturais. Pelos seus palcos já passaram atores com Regina Duarte, Cleyde Yáconis, Ney Latorraca, Sérgio Mamberti, Bete Mendes, Jandira Martini, Nuno Leal Maia, Herson Capri e Alexandre Borges, entre outros.

Agenda

O quê: 60º Festival Santista de Teatro – FESTA 60

Quando: de 24 de agosto a 2 de setembro

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]