+ Manchetes >

Comunidade quilombola de Feira de Santana rejeita instalação de centro de recuperação para dependentes químicos

Através de abaixo-assinado com 233 assinaturas, moradores da comunidade quilombola de Alto do Canuto, no Distrito de Matinha, em Feira de Santana, apelaram ao Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento das Comunidades Negras e Indígenas (CONDECNI) na luta para tentar impedir a instalação de um centro de recuperação de dependentes químicos na comunidade.

A solicitação foi entregue à presidente do CONDECNI, Lurdes Santana, durante reunião da entidade, pelo morador Marialvo Barreto.

Conforme explica Marialvo Barreto, os moradores do Alto do Canuto temem resultados negativos com a implantação do centro de recuperação nesta localidade. Afirma que o espaço onde o equipamento está sendo montado não oferece estrutura adequada e teme que o resultado seja inverso para a comunidade.

A rejeição à presença do Centro da localidade, conforme Marialvo explicou, se deve à falta de estrutura. “Nosso intuito não é fechar, mas sim garantir que funcionasse bem. Entretanto, temos conhecimento de que não possui alvará de funcionamento e muito menos equipe preparada para a função a que se propõe e nem mesmo o imóvel comporta a oferta do serviço”, destacou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]