Exposição interativa mescla arte indígena com tecnologia no Museu de Arte Moderna da Bahia

‘Arte Eletrônica Indígena (AEI): uma exposição interativa’ apresenta os trabalhos cocriados entre indígenas brasileiros e artistas do Brasil, Reino Unido e Bolívia, selecionados via edital para residências artísticas em nove comunidades indígenas da Bahia, Alagoas, Pernambuco e Sergipe. A abertura da exposição será nesta quinta-feira (02/08/2018), a partir das 18 horas, e segue até o dia 2 de setembro, sempre de terça a domingo, das 13 às 18 horas.

O AEI (http://aei.art.br/) foi idealizado pela ONG Thydêwá (http://www.thydewa.org/) com patrocínio da Oi e Estado da Bahia, com apoio do Oi Futuro e da British Academy. O projeto é um programa de vanguarda e inovação que promoveu a produção colaborativa e cocriada entre artistas e indígenas de diferentes povos.

Agenda

O que: Arte Eletrônica Indígena: uma exposição interativa

Quando: de 2 de agosto a 2 de setembro, de terça-feira a domingo, das 13 às 18 horas

Onde: Capela do Museu de Arte Moderna da Bahia (MAM-BA), em Salvador

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]