Bahia é um dos estados do Nordeste que mais empregou em 2018

Bahia é um dos estados do Nordeste que mais empregou em 2018.

Bahia é um dos estados do Nordeste que mais empregou em 2018.

Com uma das maiores taxas de empregabilidade da região nordeste, a Bahia registra um saldo positivo de 1,23% no acumulado de janeiro a junho de 2018. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, o CAGED, os setores de agropecuária e serviços foram os principais responsáveis pelo crescimento.

Apenas em 2018 foram mais de 300 mil admitidos no mercado de trabalho, contra aproximadamente 282 mil cortados no mesmo período, gerando um saldo de 20.433 novas vagas de emprego no estado.

O setor de serviços foi o que puxou essa retomada e gerou nos últimos doze meses mais de 10 mil novas vagas de emprego. Se levarmos em conta os seis primeiros meses do ano, foram aproximadamente 8.700 mil vagas criadas.

O economista e presidente do Conselho Regional de Economia da Bahia, Reinaldo Dantas Sampaio, está confiante para o segundo semestre de 2018 e aposta no maior crescimento de empregos.

“Eu acho que a proximidade do final do ano sempre traz o incremento do trabalho, por conta dos eventos de final de ano, Natal etc. Então, isso tende a ter um acréscimo na geração de empregos”, projetou.

Em contrapartida a esse cenário de crescimento, o comércio foi o setor que mais desempregou nos últimos meses na Bahia, com aproximadamente 3 mil vagas perdidas.

Por ser ano eleitoral, o tema está sempre na boca dos aspirantes ao Planalto. Ao ser questionado sobre o fantasma do desemprego, que assombra mais de 13 milhões de brasileiros, Henrique Meirelles, pré-candidato pelo MDB, afirmou que é preciso adotar políticas certas para que o país volte a crescer e lembrou de sua trajetória de recuperação econômica.

“Eu me dediquei dois anos a tirar o Brasil do colapso, então não é uma continuidade, é mais do que isso. Isso é trabalho concreto, resultado concreto mostrado para a população. Então, o que nós vamos fazer é ampliar a melhora, fazer com que esse crescimento de empregos continue. Porque o Brasil ainda tem muitos desempregados, o governo anterior criou 14 milhões de desempregados no Brasil. Mesmo que nós já tenhamos criado dois milhões de emprego no Brasil, ainda é pouco dentro desse vasto número de desempregados que o Brasil tem. Então, temos que criar emprego, rigorosamente, nos próximos anos”, disse Meirelles.

Ao comparar os dados do CAGED, é possível verificar que entre janeiro e junho deste ano a empregabilidade na Bahia cresceu em média 1,23%, aumento considerável se comparado aos últimos doze meses, que foi de 0,88%.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]