Vereador trata sobre Centro de Abastecimento e lembra os 7 anos de existência do Incárdio em Feira de Santana

Roberto Tourinho: o problema da segurança perpassa por problemas administrativos.

Roberto Tourinho: o problema da segurança perpassa por problemas administrativos.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta segunda-feira (18/06/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Roberto Tourinho (PV) repercutiu o pronunciamento do colega João dos Santos (PPS), que tratou do Centro de Abastecimento e matéria publicada no Jornal Noite e Dia, que lembrou dos sete anos de existência do Hospital Incárdio em Feira de Santana.

“No dia 7 de junho realizamos nesta Casa uma audiência pública, onde falamos dos problemas no Centro de Abastecimento. Na segunda-feira seguinte estivemos no entreposto com o diretor do local, o secretário de Serviços Públicos e o diretor do Departamento de Iluminação para tratar dos problemas pertinentes da pasta no local. Já na quinta-feira, estivemos na SMT, pois na audiência muito se reclamou da parada de veículos em filas duplas e na sexta-feira, saímos quase às 20 horas de uma audiência pública com o coronel Luziel, deputado Zé Neto, o delegado coordenador da Polícia Civil de Feira de Santana, o secretário de Prevenção à Violência, major Lúcio, diretor do Centro de Abastecimento e presidente da Associação de Vendedores Ambulantes do Centro de Abastecimento”, relatou.

E continuou. “Sem contar que há uma reunião agendada para hoje à tarde com o secretário de Prevenção à Violência, o coronel Luziel e o major Lúcio, onde eles vão buscar uma solução para garantir mais segurança aos comerciantes e frequentadores do Centro de Abastecimento. Entre ano passado e este ano foram nove homicídios naquele local. O problema da segurança perpassa por problemas administrativos. Não se pode pensar um entreposto daquele aberto o tempo todo, com pessoas entrando e saindo, cometendo delitos, não tendo hora de abrir ou fechar. Não se pode pensar em realizar serestas parecendo mais uma casa de show. É precisa disciplinar o funcionamento daquele local”, pontuou.

Tourinho ainda disse que está sendo discutido um local onde as pessoas trabalham com dinheiro em espécie. “E isso tem contribuído para todo tipo de violência e problemas naquele lugar. A audiência foi proveitosa e estamos confiantes que sairão bons resultados destes encontros”, afirmou.

Incárdio

Ainda no uso da tribuna, Tourinho fez referência à matéria publicada no Jornal Noite e Dia, intitulada ‘Hospital Incárdio completa 7 anos de serviço à Feira de Santana e região’ e ressaltou o trabalho desempenhado pela instituição.

“Me chamou atenção os números apresentados durante esse tempo. São 150 funcionários, 1 UTI, é referência em atendimento cardiológico, já foram feitos 8 mil cateterismos, 800 implantes de marca passos, 2 mil angioplastias, mil cirurgias de cardiopatias e muito mais atendimentos pelo SUS, particulares e planos de saúde. Temos que comemorar. Visito pessoas que ali estão internadas e já pedi a confecção de uma moção de parabéns. Lembro-me bem que implantação de marca passo há alguns anos era coisa rara. Como feirenses devemos buscar atendimento de qualidade”, disse.

Para finalizar, o vereador lembrou que há 15 dias teve a oportunidade de visitar o Hospital Estadual da Criança em Feira de Santana e ficou entusiasmado com o que viu. “Vi um atendimento de qualidade. E nosso desejo é que todas as unidades de saúde funcionem bem, o HGCA é importante para nossa região e necessita receber o apoio do Governo do Estado e Federal no repasse de verbas. Este final de semana tivemos 19 homicídios na cidade, mas sem contar com alguns estão que foram baleados e estão internados no Clériston”, findou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]