Feira de Santana: vereador aconselha Edvaldo Lima a deixar o PP

Marcos Lima: acho que é um motivo para repensar o grupo em que está e se vale mesmo a pena caminhar num partido que não lhe tem consideração.

Marcos Lima: acho que é um motivo para repensar o grupo em que está e se vale mesmo a pena caminhar num partido que não lhe tem consideração.

Em pronunciamento, na sessão ordinária desta quarta-feira (13/06/2018), na Câmara Municipal de Feira de Santana, o edil Marcos Lima (PR) sugeriu que o vereador Edvaldo Lima (PP) deixe o partido e se filie ao PRP, depois do partido ter lhe negado legenda para disputar a campanha para deputado federal.

“O partido não lhe dar legenda para disputar a candidatura para deputado federal é motivo de pedir para sair do partido. Não agiu com consideração fazendo isso com Vossa Excelência. Negar a um vereador de segundo mandato da segunda maior cidade da Bahia uma legenda para disputar eleição é mostrar que não tem consideração pelo vereador.  Seu nome já está espalhado por toda a Bahia como candidato a deputado federal e o partido lhe corta sem piedade. Acho que é um motivo para repensar o grupo em que está e se vale mesmo a pena caminhar num partido que não lhe tem consideração”, pontuou Marcos.

Em aparte, o líder do Governo na Casa, vereador Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) disse que o Democratas está de portas abertas para receber o colega. Com a palavra, Marcos Lima afirmou que Edvaldo goza de prestígio na Casa e também lhe convidou para fazer parte do PRP. “Eu, como presidente do diretório municipal do partido, lhe convido para marchar com o PRP. Os convites mostram que tem credibilidade. Entendo que como deputado federal contribuirá muito com a cidade”, avaliou.

O edil Gilmar Amorim (PSDC) seguiu a linha dos colegas e convidou Edvaldo Lima a marchar com o PSDC. Assim também fez Luiz Ferreira Dias (Luiz da Feira, PPS), quando convidou Evaldo a se filiar ao PPS. Marcos Lima afirmou que todos querem abraçar Edvaldo Lima, pois conhecem o compromisso e luta que ele tem com os feirenses e criticou o tratamento que o governador Rui Costa dá aos vereadores baianos.

“O governador já chamou algum vereador aqui para conversar? Não, ele não conversa nem mesmo com os vereadores de Salvador. Nunca fez uma audiência para ouvir os vereadores, nem mesmo os do PT. Mas, com Ronaldo tudo será diferente. Com ele os vereadores serão valorizados. Vereador de oposição não tem oportunidade de falar com o governador Rui Costa e isso é vergonhoso. Não sei como os vereadores de oposição desta Casa batem na mesa para defenderem um governo quem nem olha na cara deles”, disparou.

Em aparte, o edil José Menezes Santa Rosa (Zé Filé, PROS) disse que ficou triste por Edvaldo não ser mais pré-candidato a deputado federal, mas feliz por ter certeza de que ele marchará com Otto Filho nas eleições. Já João dos Santos (João Bililiu, PPS) garantiu que se Ronaldo for eleito governador da Bahia, receberá todos os vereadores da Bahia. Na mesma linha seguiu Lulinha. “Isso vai mudar. Se Ronaldo vencer as eleições, vamos ter acesso ao Palácio de Ondina”, afirmou Lulinha.

Para concluir, Marcos Lima disse que o eleitor precisa ficar atento em quem irá votar. “Não vale a pena ser lembrado no dia do voto e passar quatro anos esquecido. Precisamos votar em deputados da terra, que conhecem nossa cidade e suas necessidades”, findou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]