Concessionária de transporte público Rosa relata dificuldade em operar linhas de ônibus na zona rural de Feira de Santana

Chuvas comprometem trafegabilidade das estradas vicinais da zona rural de Feira de Santana.

Chuvas comprometem trafegabilidade das estradas vicinais da zona rural de Feira de Santana.

Em nota, encaminhada neste sábado (02/06/2018) ao Jornal Grande Bahia (JGB), a concessionária de transporte público Rosa relatou dificuldade em operar as linhas de ônibus que servem às comunidade de alguns distritos da zona rural de Feira de Santana, alegando falta de capacidade de trafegabilidade das estradas vicinais do município.

Sobre a deterioração da trafegabilidade das estadas vicinais da zona rural, a Prefeitura de Feira de Santana informou que logo após o período de chuvas será feito serviço de manutenção das vias e tapa-buracos.

Confira ‘Nota de Esclarecimento da Empresa Rosa’

A empresa Rosa, concessionária de transporte urbano de Feira de Santana, esclarece às comunidades do Candeal I e II, São José, Carro Quebrado, Candeia Grossa, Jacú, Alecrim Miúdo, Pedra Ferrada, Braço Forte, Caldeirão, Pé de Serra, Água Grande e KM13 que, após as chuvas, atrasos ou dificuldades de atendimento ao usuário destas regiões e suas respectivas localidades são por conta das condições inadequadas nas estradas rurais que dificultam ou, na maioria dos casos, impossibilita a circulação de ônibus e consequentemente o cumprimento do itinerário.

A empresa Rosa aguarda a manutenção das vias de acesso aos distritos, sinalizada, através da imprensa, pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana.

Entretanto, é vital o quanto antes a realização de serviços criteriosos de melhoria do solo nas estradas rurais (de terra) para garantir estabilidade, resistência, deformabilidade e permeabilidade visando boas condições de rolamento dos ônibus, criando uma superfície resistente para suportar a carga dos veículos sem que ocorram deformações excessivas.

As boas condições de acesso à zona rural do município são necessárias para evitar que os ônibus quebrem ou fiquem atolados, o que coloca em risco a segurança de passageiros e de funcionários.

Desgaste excessivo de componentes como pneus, conjunto de molas, sistemas de freios, de embreagem e de transmissão, elevadores de acessibilidade, portas e conjunto de molas são provocados pelo barro excessivo, lama e buracos de grandes dimensões que aumentam consideravelmente o custo da operação de transporte.

A Empresa Rosa retornará com a capacidade normal de atendimento ao usuário logo sejam sanados os problemas de trafegabilidade nas localidades rurais.

Chuvas comprometem trafegabilidade das estradas vicinais da zona rural de Feira de Santana.

Chuvas comprometem trafegabilidade das estradas vicinais da zona rural de Feira de Santana.

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]