Uso biofertilizantes foi tema de oficina realizada pela UNAMACS em Feira de Santana

Oficina realizada pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável.

Oficina realizada pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável.

O uso de biofertilizantes (nutrientes produzidos a partir de matéria orgânica), foi o tema de uma oficina realizada pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS), na manhã de segunda-feira (21/05/2018).

Conforme explicou o engenheiro agrônomo, Mário Nunes, que conduziu a aula, os biofertilizantes podem ser utilizados para melhorar o estado nutricional ou repelir pragas nas plantas, “mas desde que haja necessidade”.

A grande vantagem dos biofertilizantes, apontou, é a utilização dos elementos que se encontram disponíveis, como restos de vegetais, além de estercos bovinos e de galinhas.

Cinzas tornam esterco mais rico

“Os biofertilizantes são adubos produzidos de diversas maneiras, como das folhas de mamona (fonte de nutriente) e maceradas”, afirmou, sinalizado que “para tornar esse adubo mais rico pode acrescentar esterco curtido e cinzas”.

No entanto, alertou o agrônomo, o uso inadequado dos biofertilizantes pode ocasionar intoxicação de plantas e outros vegetais. Durante o curso, Mário Nunes pontuou ainda que a análise do solo é um dos primeiros passos para obter o grau de deficiência nutricional, uma vez que fornece as características físicas e químicas do solo.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]