+ Manchetes >

Tendências globais em produtos de beleza estão na segunda edição da Mostra Bahia Cosmética

Mostra Bahia Cosmética ocorre em Salvador.

Mostra Bahia Cosmética ocorre em Salvador.

Shampoos e cremes matizadores que seguem a linha faça você mesmo, escova progressiva redutora de volume sem formol e em sache, dermocosméticos alinhados ao conceito Free (veganos; sem parabenos; e não testados em animais), aromas especiais, produtos específicos para cabelos crespos e cacheados são alguns dos cosméticos fabricados na Bahia que os consumidores vão conhecer durante a segunda edição da Mostra Bahia Cosmética, que acontece de 26 a 28 de maio de 2018, no Shopping Bela Vista.

Promovido pelo Sindicato das Indústrias de Cosméticos e Perfumaria do Estado da Bahia (Sindcosmetic-BA), em parceria com o Sebrae, o evento apresentará tendências e novidades dos cosméticos produzidos por empresas baianas, com espaços destinados à exposição e também à experimentação de produtos.

Antenados às tendências globais de consumo, à exemplo da Call Out Culture (A cultura da Reivindicação), que está relacionada ao ativismo digital, o qual envolve posicionamento cultural e político a favor da representatividade de cor e gênero e da quebra de padrões, as marcas de beleza e cosméticos locais trarão à Mostra o que há de mais atual na produção baiana, que está atenta a diversidade existente na região.

Plástica capilar, máscaras tonalizantes, sérum com toque seco e hidratação 24 horas: muitos dos produtos da Mostra são verdadeiros tratamentos de salão de beleza para serem usados no conforto de casa. O conceito faça você mesmo está conectado ao crescente número de pessoas que buscam praticidade, eficácia e uma relação vantajosa entre custo e benefício. “A indústria baiana entende e desenvolve diretamente para o público baiano”, afirma o presidente do Sindcosmetic-BA, Raul Menezes.

Menezes acrescenta que os produtos têm qualidade e preços mais acessíveis, “combinação fundamental num país que ainda enfrenta dificuldades”, diz. Ele também sinaliza que a produção baiana está mais diversificada, e com indústrias trabalhando em produtos de maior valor agregado, investindo em embalagens e em novas formulações.

Indústria em recuperação

O Brasil é um dos maiores consumidores de produtos de beleza e higiene do mundo, sendo o 4° colocado da lista, atrás penas dos Estados Unidos, da China e do Japão. Após dois anos seguidos de queda, o setor de higiene, perfumaria e cosméticos voltou a crescer em 2017. A receita, descontados impostos e inflação, cresceu 2,77% segundo a Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (ABIHPEC). Ainda de acordo com a associação, o primeiro trimestre deste ano acumula alta de 3% nas vendas (dentro e fora do país) em comparação ao mesmo período do ano passado.

As exportações de produtos cosméticos brasileiros nos primeiros três meses do ano aumentaram 16,5% em relação ao mesmo período do ano passado e a estimativa do setor é que o crescimento para 2018 não fique abaixo dos 3%.

O resultado, porém, não é visto pela entidade como uma retomada definitiva das empresas do ramo. Antes do início da recessão, a média de crescimento dessa indústria variava entre o dobro e o triplo da do PIB. Em 2015 e 2016, as perdas chegaram a 6% e 9%, respectivamente.

A favor dos fabricantes de cosméticos e itens de higiene pessoal estão a projeção de novos cortes na taxa básica de juros (Selic) e a retomada do emprego e do consumo em 2018.

Agenda

Quando: De 26 a 28 de maio de 2018

Onde:  Shopping Bela Vista (Praça Central) | Salvador

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]