Operação Feira: PF desarticula esquema de venda ilegal de produtos contrabandeados na Feira de São Joaquim, em Salvador; confira vídeo

Polícia Federal (PF) apreende medicações ilegais.

Polícia Federal (PF) apreende medicações ilegais.

A Polícia Federal deflagra na manhã de hoje (23/05/2018) a Operação Feira, que visa desarticular grupos criminosos que atuavam no contrabando de cigarros, medicamentos ilegais, anabolizantes e agrotóxicos. Cerca de 30 policiais federais cumprem sete mandados de busca e apreensão nos municípios de Salvador e Santo Antônio de Jesus.

As investigações tiveram início a partir de informações de que algumas pessoas realizavam abertamente a venda de produtos ilegais na feira de São Joaquim, localizada na região do Comércio, na cidade de Salvador. A partir dessas informações, buscou-se identificar a cadeia de fornecedores e vendedores e como era realizado o esquema.

Um dos produtos proibidos, dentre outros que eram comercializados, é o “chumbinho”, um agrotóxico de uso exclusivo na lavoura como inseticida, porém utilizado irregularmente como veneno para ratos. Tal produto não possui registro na ANVISA e pode apresentar riscos a quem o adquire, inclusive de morte por ingestão. Além disso, seu uso como raticida é considerado ineficaz se comparado a outros meios.

Os mandados foram expedidos pela Justiça Federal de Salvador e os envolvidos deverão responder pelos crimes de associação criminosa (art. 288, CP), contrabando (art. 334, CP) e recepção qualificada (art. 180, § 1º, CP).

Balanço da Operação Feira

7  Mandados de Busca e Apreensão cumpridos e 4 Prisões em flagrante.

Materiais apreendidos: medicamentos; anabolizantes; cigarros importados do Paraguai e “chumbinho”.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).