Liga do Samba Junino de Salvador repudia acusação de irregularidades em edital da Fundação Gregório de Matos

Liga do Samba Junino diz que edital da Fundação Gregório de Matos fortalece atuação da entidade.

Liga do Samba Junino diz que edital da Fundação Gregório de Matos fortalece atuação da entidade.

Em nota, encaminhada nesta quinta-feira (17/05/2018), a Liga do Samba Junino, entidade representativa de 10 grupos de Samba Junino na capital baiana, repudia a acusação de irregularidades no edital de apoio ao gênero lançado pela Fundação Gregório de Matos. Segundo Nonato Sanskey, presidente da entidade, o lançamento do edital contribui para o fortalecimento e com a divulgação do Samba Junino.

Confira a nota ‘Liga do Samba Junino repudia acusação de irregularidades em edital’

A Liga do Samba Junino, entidade representativa de 10 grupos de Samba Junino na capital baiana, repudia a acusação de irregularidades no edital de apoio ao gênero lançado pela Fundação Gregório de Matos.

Nos últimos dias, circulou nas redes sociais e em alguns veículos de comunicação de Salvador que as entidades que representam o Samba Junino apontam irregularidades no edital de incentivo lançado pela Fundação Gregório de Matos.

“Depois de muita luta dos grupos, o Samba Junino foi reconhecido como patrimônio imaterial de Salvador. E após muita pesquisa da Fundação Gregório de Matos, este reconhecimento foi possível. Não existe isso que estamos insatisfeitos com o edital de apoio da Fundação”, afirmou Nonato Sanskey,  Coordenador de Relações Institucionais da Liga do Samba Junino.

Em fevereiro deste ano, a Prefeitura de Salvador, através da Fundação Gregório de Matos fez o reconhecimento e lançou um edital para apoiar seis projetos que incentivem o fortalecimento, a manutenção e dinamização do samba junino em Salvador.

O prêmio contempla formas de produção e reprodução, através da realização de ensaios, festivais, concursos, apresentações, “arrastões”, entre outras.

Ainda segundo Nonato Sanskey, o lançamento deste edital contribui para o fortalecimento e com a divulgação do Samba Junino.

“Há muito tempo já estávamos aguardando este reconhecimento. Já solicitamos este reconhecimento também do Governo do Estado através do Centro de Cultura Populares e Identitárias ( CCPI), e estamos aguardando. Nós da Liga do Samba Junino já realizamos dois festivais com arrastão e com este apoio, iremos ganhar mais destaque ainda no São João deste ano”, concluiu Nonato Sanskey.

Sobre o Samba Junino

O samba junino representa uma expressão cultural genuinamente soteropolitana, marcado pela rítmica do samba duro, disseminada há pelo menos 40 anos em diversos bairros de Salvador. Os bairros tradicionais que realizam os festejos são Engenho Velho de Brotas, Engenho Velho da Federação, Federação, Fazenda Garcia, Tororó e Nordeste de Amaralina.

Sobre a Liga do Samba Junino

A Liga do Samba Junino é uma associação que foi criada em 2013 com o objetivo de fortalecer os grupos de Samba Junino em nosso estado e, incentivar o reconhecimento desta manifestação cultural. A Liga é composta pelos grupos Samba do Morro, Mucum’g, Leva Eu, Zumbaê, Samba Neguinho, Samba Duro VS, Balão de Ouro, Sambalança, Bicho da Cana e Comendo Água.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Assine o JGB

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected].com.br