+ Manchetes >

Libéria: Desigualdade social em West Point, bairro da capital Monróvia

Vista aérea de West Point, bairro da capital da Libéria, na Monróvia.

Vista aérea de West Point, bairro da capital da Libéria, na Monróvia.

West Point é um bairro da capital Monróvia. 75.000 pessoas residem em West Point, sendo uma das favelas mais densamente povoadas de Monróvia. A degradação ambiental atinge parte da península. Os problemas endêmicos incluem superpopulação e doenças como a tuberculose.

Monróvia é a capital e a maior cidade da Libéria. Localiza-se na costa atlântica e do Cabo Mesurado, que se situa dentro do Montserrado, o condado mais populoso na Libéria. A área metropolitana, com uma população de 1 010 970 em Grande Distrito de Monróvia, segundo o censo de censo de 2008, contém 29% do total da população da Libéria e é a cidade mais populosa do país. Monróvia é o centro cultural, político e financeiro para o país inteiro.

Fundada em 1822, Monróvia é nomeada em honra de ex-presidente estadunidense James Monroe, um proeminente defensor da colonização da Libéria. Monróvia foi fundada trinta anos depois de Freetown, Serra Leoa. Foi o primeiro assentamento permanente africano norte-americano na África.

A economia da cidade é dominada pelo porto e escritórios do governo. O porto de Monróvia foi significativamente ampliado pelas forças dos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial e as exportações principais incluem o látex e minério de ferro. Materiais também são fabricados no local, tais como o cimento, petróleo, produtos alimentícios, tijolos e azulejos, mobiliários e produtos químicos. Localizado perto da confluência dos rios Mesurado e Saint Paul, o porto também tem instalações para armazenamento e reparação de navios.

História da Libéria

A Libéria, oficialmente República da Libéria, é uma república presidencialista localizada na África Ocidental. Faz fronteira ao norte com a Serra Leoa e Guiné, a leste com a Costa do Marfim e a sul e oeste com o Oceano Atlântico. Segundo o censo de 2008, a população do país é de 3 955 000 habitantes, divididos em uma área de 111.369 quilômetros quadrados.

A cidade de Monróvia é sua capital. A Libéria possui um clima quente equatorial, com chuvas intensas na estação chuvosa e ventos na estação seca. A vegetação é composta, na maior parte, por florestas de mangue, enquanto o interior é escassamente povoado de florestas, com predominância de pastagens secas.

A história da Libéria é única entre as nações africanas. É um dos dois únicos países da África Subsaariana, juntamente com a Etiópia, sem raízes na colonização europeia. Foi fundada e colonizada por escravos americanos libertos com a ajuda de uma organização privada chamada American Colonization Society, entre 1821 e 1822, na premissa de que os ex-escravos americanos teriam maior liberdade e igualdade nesta nova nação.

Escravos libertos dos navios negreiros também foram enviados para a Libéria, em vez de serem repatriados para seus países de origem.[5] Estes colonos criaram um grupo de elite da sociedade da Libéria, e, em 1847, fundaram a República da Libéria, que instituiu um governo inspirado nos Estados Unidos, nomeando Monróvia como sua capital, homenageando James Monroe, o quinto presidente dos Estados Unidos e um proeminente defensor da colonização.

Um golpe militar liderado em 1980 derrubou o então presidente William Richard Tolbert, Jr., marcando o início de um período de instabilidade que levou a duas guerras civis no país, deixando milhares de mortos e devastando a economia do país. Hoje, a Libéria está a recuperar dos efeitos nefastos da guerra civil e as perturbações econômicas conexas.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]