Ex-prefeito João Doria e juiz Sérgio Moro comemoram em Nova Iorque, enquanto classe trabalhadora do Brasil lamenta desmonte do Estado-Nação

Em Nova York, João Doria e Sergio Moro dividem a cena com as respectivas esposas. Plutocracia desfila em salões de festa internacional, enquanto povo frequenta a fila do desemprego.

Em Nova York, João Doria e Sergio Moro dividem a cena com as respectivas esposas. Plutocracia desfila em salões de festa internacional, enquanto povo frequenta a fila do desemprego.

Dias após ter declarado à revista CruzoÉ que se arrepende da foto em que aparece aos risos ao lado do senador Aécio Neves (PSDB/SP), réu no Caso Laja Jato, o juiz federal Sergio Moro registrou, sorridente imagem, ao lado do pré-candidato ao governo de São Paulo João Doria (PSDB/SP), durante jantar oferecido na noite de terça-feira (15/05/2018) pela Câmara de Comércio Brasil-Estados Unidos, em Nova Iorque, EUA.

A imagem familiar de João Doria e Sérgio Moro foi postada no perfil social do Facebook do ex-alcaide de São Paulo João Dória.

Observa-se que enquanto a plutocracia, autocrática, autoritária desfila em salões internacionais, consumindo bebidas caras e se fartando na orgia do capital, o desmonte do Estado Nação segue sob os aplausos dos cleptocratas e as lagrimais da classe trabalhadora, que frequenta a fila do desemprego e busca moradia digna para sobreviver e assiste ao desmonte do Estado Nação, com a entrega de capital monopolista à capitalistas internacionais. Neste contexto, é compreensível a escolha do local onde cleptocratas comemoram os resultados das ações que engendram

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).