+ Manchetes >

Edição 2018 do Festival de Lençóis conta com shows de Maria Rita, Saulo, Àttooxá e mais 10 bandas

Maria Rita, cantora.

Maria Rita, cantora.

Banda The Baggios.

Banda The Baggios.

Abertura da edição 2018 Festival de Lençóis ocorre nesta quinta-feira (31/05) com a apresentação de Saulo, Àttooxxá, Nátalia Cunha e Batéia de Renda e Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas), a partir das 19h30, na Praça Horácio de Mattos, em Lençóis.  É a música será a trilha da natureza, alegria e diversão na principal cidade da Chapada Diamantina. Amanhã (sexta – 01/06), o palco principal recebe Maria Rita, The Baggios, Banda Sete Vezes (Tributo ao O Rappa) e Trotta Mundo. Já no sábado (02/06/2018), o evento encerra com as apresentações de Jau, Banda Zion, Banda Spectro e Família Grão de Luiz e Griô. A entrada é franca.

O Festival de Lençóis é produzido e realizado pela Pau Viola e Ecoshow, com o patrocínio do Governo do Estadoda Bahia e Bahiagás e conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Lençóis e Hotel Portal Lençóis. Confira no final do texto, a grade completa com a data e o horário das atrações.

Se na última edição do Festival de Lençóis o VJ Gabiru encantou o público com suas projeções de vídeos, este ano ele promete muito mais novidades que serão exibidas durante e nos intervalos dos shows. Em total harmonia com os casarios históricos, o cenário do palco vai ganhar movimentos com imagens e músicas que dialogam com a cidade de Lençóis, sua gente e com a natureza da região. Gabiru criou um set com imagens com muitas cores e formas, que serão exibidas no ritmo do nu jazz, jazz, world music e dos shows.

Manifestações culturais

O evento também vai reunir grupos folclóricos nos três dias, sempre a partir das 17 horas, na Praça Horácio de Mattos. Na quinta-feira, o grupo Percuhitts, formado por crianças e adolescentes, faz uma apresentação de percussão passeando por vários ritmos. Já na sexta-feira, o grupo Marujada resgata o ritmo e a dança de origem portuguesa, uma tradição que vem desde o século XIII em Lençóis. No último dia (sábado), os tambores do Jarêanimam a cidade, com a sua proposta de preservar e valorizar esta manifestação cultural do povo africano.

O festival e a cidade

Desde de sua primeira edição, em 1999, o Festival de Lençóis vem acontecendo anualmente na história cidade de Lençóis. A sua realização está baseada na fomentação da cultura, sustentabilidade e fortalecimento da cidadania através das artes e práticas do turismo cultural. Com um público diário estimado em 10 mil pessoas, as edições anteriores reuniram artistas locais e consagrados, como Gilberto Gil, Gal Costa, Lenine, Ana Carolina, Pato Fu, Luís Melodia, Flávio Venturini, Adriana Calcanhoto, Elza Soares, Nando Reis, Vanessa da Mata, Mart´nália, Lazzo, Ju Moraes, Russo Passapusso e Baile do Bem (Sandra de Sá, Serjão Loroza e Negra Li).

“O Festival de Lençóis é um evento cultural consolidado ao longo dos anos, que há 19 anos se tornou muito importante para o município de Lençóis. É claro que também para toda Chapada Diamantina, onde o turista tem a possibilidade de usufruir das atrações artísticas e culturais, bem como, as belezas naturais que aqui possui. Trata-se de um grande evento, que alavanca o turismo em toda a nossa região, possibilitando o aquecimento da economia em um período de baixa temporada, beneficiando o setor hoteleiro, restaurantes, agências de turismo, guias turísticos locais e afins”, afirma o prefeito de Lençóis, Marco Airton Alves Araújo.

Além de reunir artistas em um dos cenários históricos mais importantes do país, o Festival de Lençóis atrai turistas brasileiros e estrangeiros que querem desfrutar também de sua beleza natural, grutas, cachoeira e casarios coloniais. Além do turismo ecológico, os esportes radicais também são praticados na região. Localizada na Chapada Diamantina, há 425 Km de Salvador, Lençóis abraça o evento como um importante gerador de rendas que movimenta o trade turístico e o comércio local.

Turismo

A maior cidade da Chapada Diamantina, Lençóis encanta turistas de todos os cantos do mundo com suas belezas naturais e a arquitetura colonial. Com uma infraestrutura para atender todo o tipo de turista, o seu centro histórico reúne lojas de artesanatos, bares e restaurantes com várias opções gastronômicas. Com muita hospitalidade, a cidade oferece uma variedade de confortáveis hotéis e pousadas.

As trilhas ecológicas são as grandes atrações do município, atraindo pessoas de todas as idades. Entre os seus atrativos naturais, destaque também para as piscinas naturais do rio Serrano, o salão de areias coloridas, a Cachoeirinha, a Cachoeira da Primavera e o Ribeirão do Meio com o seu escorregador natural.

Agenda do 18° Festival de Lençóis

Data: 31 de maio e 01 e 02 de junho de 2018

Atrações: Maria Rita, Saulo, Jau, Àttooxá, Banda Zion, Família Grão de Luz e Griô, Natália Cunha e Bateia de Renda, Banda Spectro, Banda Sete Vezes, The Baggios, Trotta Mundo e Ely Pinto

Hora: a partir das 19h30

Onde: Lençóis – Chapada  Diamantina – Bahia

Entrada franca

Programação

Quinta-feira (31/05)

19h30/20H30:  Natália Cunha e Batéia de Renda

21h/22 horas:   Àttooxxá

22h30/24 horas: Saulo

24h30/01h30: Ely Pinto (Tributo a Raul Seixas)

Sexta-feira (01/06)

19h30/20H30:  Trotta Mundo

21h/22 horas:   The Baggios

22h30/24 horas: Maria Rita

24h30/01h30: Banda Sete Vezes (Tributo ao Rappa)

Sábado (02/06)

19h30/20H30:  Família Grão de Luz e Griô

21h/22 horas:   Banda Spectro

22h30/24 horas: Jau

24h30/01h30: Banda Zion

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]