Custódia de presos em Feira de Santana é debatida em reunião no Ministério Público

Situação dos presos em Feira de Santana e Sobradinho foi debatido em reunião no Ministério Público da Bahia (MPBA).

Situação dos presos em Feira de Santana e Sobradinho foi debatido em reunião no Ministério Público da Bahia (MPBA).

Medidas estratégicas para o enfrentamento da atual situação da custódia de presos em Feira de Santana, no Complexo Policial de Sobradinho foram debatidas na quinta-feira (24/05/2018), em reunião ocorrida na sede do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA), em Salvador.

Membros do MPBA, representantes da Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap) e da Polícia Civil definiram pela adoção de algumas ações, dentre elas a de que mulheres, enfermos, presos perigosos e em situação extraordinária eventualmente custodiados a partir da próxima segunda-feira, dia 28, na comarca de Feira de Santana, serão enviados para Salvador, obedecendo o atual fluxo.

A reunião teve a participação do procurador de Justiça Geder Gomes, dos promotores de Justiça de Feira de Santana Mariana Pacheco, Mônia Ghignone, Fernanda Presgrave e Alex Neves; do superintendente da Seap, major Júlio César Ferreira; diretor do Conjunto Penal de Feira de Santana, Alan Silva Araújo; diretor de Gestão de Vagas da Seap, Julival Silva; coordenador II SGP da Seap, Paulo César Reis; coordenador da 1ª Coorpin, Roberto Leal; diretor do Departamento de Polícia do Interior (Depin) Flávio Augusto Gois.

Eles decidiram ainda que 20 presos do Complexo Policial de Sobradinho serão transferidos para Salvador, consoante tratativas entre Seap e a 1ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin). Além disso, foi definido que, a partir do dia 1º de junho, serão empregados esforços para que se obedeça a capacidade máxima de 20 custodiados no xadrez do Complexo Policial de Sobradinho, sendo realizado um filtro pela Polícia Civil, por meio do Depin e da 1ª Coorpin, para que, aos poucos, a situação seja remediada. Os promotores de Justiça também solicitaram ao diretor do Depin que, após os trâmites necessários, apresente ao MP quais providências serão adotadas para que haja melhorias na unidade física de custódia de presos.

 *Com informações do Ministério Público do Estado da Bahia (MPBA).

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Assine o JGB

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]