“A CUT atenta contra a imprensa livre ao invadir sede de emissora”, diz líder da Oposição na ALBA

“A imprensa livre significa liberdade de expressão, não se pode calá-la sob o frágil argumento de que não pensa como querem aqueles que a agridem”, afirmou Luciano Ribeiro.

“A imprensa livre significa liberdade de expressão, não se pode calá-la sob o frágil argumento de que não pensa como querem aqueles que a agridem”, afirmou Luciano Ribeiro.

O líder da Bancada de Oposição na Assembleia Legislativa, deputado Luciano Ribeiro (DEM) disse nesta terça-feira (17/04/2018) que a ação de Membros da Central Única dos Trabalhadores (CUT-BA) ao invadirem uma emissora de televisão não pode ser compreendida com naturalidade pela sociedade. O democrata se referiu à invasão a sede da TV Bahia, na manhã de hoje (17/04/2018), onde o grupo se manifestou contra a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

“Em defesa da liberdade de uma pessoa, esses movimentos tentam ferir a dos demais. Essa atitude se repete agora com maior gravidade com a invasão à sede de um veículo de comunicação. Essas manifestações são autoritárias contra o exercício da informação e frontalmente atingem a toda a imprensa. A imprensa livre significa liberdade de expressão, não se pode calá-la sob o frágil argumento de que não pensa como querem aqueles que a agridem”, afirmou.

Nota de posicionamento da Rede Bahia

Informamos que hoje, dia 17 de abril, por volta das 05:55 da manhã, um grupo de representantes da CUT e FUP (Federação Única dos Petroleiros) invadiu a sede da Rede Bahia, forçando o portão da empresa munidos de facões (conforme relato dos seguranças patrimoniais), equipamentos de som e bandeiras sob o argumento de protestar contra os 2 anos do golpe civil e os 22 anos do massacre dos trabalhadores do MST, em Carajás.

Com o apoio e intermediação da Polícia Militar da Bahia, os manifestantes realizaram protesto com palavras de ordem e discursos. Por volta das 09:45, o protesto foi encerrado. Não houve outras ocorrências registradas.

A Rede Bahia respeita a liberdade de expressão. Defende vigorosamente a liberdade de imprensa e a segurança dos profissionais que trabalham no exercício da comunicação, destacando que o trabalho do jornalista e da imprensa são direitos constitucionais assegurados e que contribuem significativamente para a democracia.

A hostilidade sofrida hoje representa uma agressão aos meios de comunicação do Estado e a todos os profissionais de imprensa

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]