Salvador: fiéis católicos fazem passeata até o Bonfim pedindo paz

Fiéis católicos de paróquias da Península Itapagipana e Cidade Baixa de Salvador saem em caminhada até o Bonfim com pedidos de paz.

Fiéis católicos de paróquias da Península Itapagipana e Cidade Baixa de Salvador saem em caminhada até o Bonfim com pedidos de paz.

Foi uma manhã de muito louvor e pedidos de paz. Fiéis católicos de paróquias da Península Itapagipana e Cidade Baixa de Salvador saíram em caminhada na manhã do último domingo (18/03/2018) com pedidos de paz e superação da violência. O ato público foi proposto pelo padre Edson Menezes Silva, reitor da Basílica Santuário de Nosso Senhor do Bonfim. Com participação de um trio elétrico, entoando hinos religiosos, milhares de pessoas saíram da praça de Irmã Dulce (largo de Roma) em direção da Colina Sagrada, onde foi realizada, na praça, uma missa campal.

A ação faz parte das atividades da Campanha da Fraternidade 2018, que tem como tema ‘Fraternidade e superação da violência’ e lema ‘Vóis sois todos irmãos (Mt 23,8)’. Segundo padre Edson Menezes Silva, o ato foi convocado no sentido de chamar a atenção para o agravamento da violência no País. “Queremos que a violência seja superada e o caminho para isso é a fraternidade entre as pessoas. Nosso objetivo é fazer com que a paz faça parte da nossa cultura”. A caminhada contou com o apoio das polícias Militar e Civil, Transalvador, Prefeitura e Governo do Estado. A missa campal contou com a participação do padre Firmino de Oliveira, pároco da Igreja da Penha.

Cruzes na Praça

Dando continuidade a programação da Campanha da Fraternidade 2018, no dia 24 será realizado um ato inter-religioso, a partir das 17 horas, no Largo do Papagaio (Ribeira), que contará com manifestações de arte e cultura.

Na Igreja do Bonfim estão sendo realizadas outras atividades e momentos de oração. No dia 23, todas as missãs terão momentos de oração pelas vítimas fatais da violência e por suas famílias. Às 17 horas, após última celebação do dia serão colocadas na praça cruzes com nomes de vítimas fatais da violência encaminhados por familiares e amigos. Já passam de 300 as indicações.

Entre os dias 16 a 23 está sendo realizada a montagem de um painel onde as pessoas exporão suas preocupações com a violência e pedidos de paz. Na Sexta-feira Santa, dia 30, às 17 horas, as cruzes serão retiradas da praça para serem queimadas no sábado-santo antes da vigília pascal, que tem início às 18 horas.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]