Professora de 90 anos recebe Comenda na Câmara Municipal de Feira de Santana

Professora Maria Cristina Menezes é homenageada na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Professora Maria Cristina Menezes é homenageada na Câmara Municipal de Feira de Santana.

Ao justificar a concessão da Comenda Áureo Filho a Maria Cristina de Oliveira Menezes, professora Marinita, o vereador Roberto Tourinho disse que a homenagem tem um significado especial. E ele não exagerou. Do alto de seus 90 anos, a homenageada encantou a todos os presentes à sessão solene realizada na noite desta quinta-feira (22/03/2018) e ministrou uma verdadeira aula sobre a cidade, as pessoas e, claro, a gramática. “A palavra certa é outorga”, ensinou.

Pedro Américo de Brito, Joselito Falcão Amorim e Augusto Matias foram algumas das personalidades que construíram a história de Feira de Santana citadas pela homenageada em seu discurso recheado de informações, improvisos e irreverência. Sobre o educador formado em Odontologia que dá nome à comenda, lembrou que o mesmo foi fundador do Colégio Santanópolis, por onde passaram grandes nomes feirenses. Chamou a atenção especialmente pela lucidez.

A criação do curso de Ciências e a interiorização da educação superior foram destacadas pela professora Marinita como momentos marcantes para o Município. Usando a tribuna com desenvoltura, ela falou sobre a fundação da UEFS, “que levou 10 anos para ser reconhecida”, conforme disse, ainda demonstrando indignação. Mereceu destaque em seu pronunciamento, como líderes políticos feirenses, Wilson da Costa Falcão e João Durval Carneiro.

Na Câmara, Marinita recordou Áureo Filho e Alberto Oliveira, seus familiares, “que honraram os votos recebidos”, e agradeceu a Roberto Tourinho pela homenagem. Descontraída, contou histórias dos tempos da sala de aula, citando casos de ex-alunos, como o hoje advogado Davi Leal, que foi aluno do Centro Integrado de Educação Assis Chateaubriand. E encerrou provocando risos na seleta plateia; “Aos 90, temos que falar pouco, para não nos cansar, nem cansar os outros”.

Coube ao autor da homenagem saudar os convidados da noite festiva da professora que não somente construiu uma carreira acadêmica sólida, como lutou em prol da valorização da educação. “Um histórico de vida a ser seguido pelos educadores do presente e de inspiração para gerações futuras”, afirmou Roberto Tourinho. “Além de sua vocação pelo Magistério, professora Marinita sempre teve compromisso com a melhoria do ensino”, ressaltou o vereador.

O presidente do Legislativo, vereador José Carneiro Rocha, conduziu a sessão solene e compôs a mesa ao lado do secretário municipal de Governo Paulo Aquino, representando o prefeito José Ronaldo; a professora Anaci Bispo Paim, presidente da Academia de Educação e ex-reitora da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS); a homenageada e seu filho, o artista plástico Gil Mário Menezes.

No plenário e na galeria personalidades de destaque na área de Educação na cidade, especialmente os professores José Raimundo Pereira de Azevêdo, ex-prefeito de Feira de Santana; Geraldo Leite e Iara Cunha, ex-reitores da UEFS; Lélia Vitor Fernandes, presidente da Academia de Letras e Artes de Feira de Santana; Astor de Castro, presidente da Academia Baiana de Educação; Raimundo Luiz Lopes, presidente da Academia Feirense de Letras; e Luciano Ribeiro, ex-vice-prefeito municipal.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]