Ingresso de Marcelo Nilo no PSB amplia base política do partido

Governador Rui Costa, ex-governador Jaques Wagner e senadora Lídice da Mata prestigiaram ingresso de Marcelo Nilo no PSB.

Governador Rui Costa, ex-governador Jaques Wagner e senadora Lídice da Mata prestigiaram ingresso de Marcelo Nilo no PSB.

O Partido Socialista Brasileiro (PSB), liderado na Bahia pela senadora Lídice da Mata, ganhou um filiado de peso no estado e para as Eleições 2018 – o deputado estadual e ex-presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA), Marcelo Nilo.

A solenidade de posse ocorreu nesta segunda-feira (12/03/2018) e contou com a presença do governador Rui Costa; do secretário de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner; dos deputados federais Bebeto Galvão (PSB) e José Carlos Araújo (PR); deputados estaduais, vereadores, prefeitos, ex-prefeitos e lideranças políticas. A militância socialista também compareceu ao ato político.

O governador Rui Costa reafirmou a sua parceria com o PSB e desejou uma jornada vitoriosa a Marcelo Nilo. “Foi uma opção ajustada e correta em se filiar a um partido que ao longo dos seus 70 anos tem construído uma história a favor da democracia e dos direitos dos trabalhadores”, pontua.

Novas filiações

Junto com o deputado, também se filiaram ao PSB, o secretário da Administração Penitenciária e Ressocialização (Seap), Nestor Duarte; o diretor de Gestão Corporativa da Embasa, Marcelo Veiga; e a ex-vereadora de Monte Santo, Silvania Matos.

“Nunca pensei que fosse chegar até aqui. Marcelo Nilo confiou em mim e me deu a sua palavra e o seu apoio. Concorri ao cargo de vereadora de Monte Santo e ganhei. E agora quero continuar minha carreira politica. O que mais me chamou atenção no PSB é que o partido é dirigido por uma mulher. Minha luta é por mais mulheres na política”, destaca Silvania.

“Aprendi com Marcelo Nilo que para ser político tem que gostar de gente. E eu levo no coração a vontade de servir ao próximo. E o PSB, como partido socialista, tem muito disso nos seus 70 anos de existência. Responderei a essa oportunidade com muito trabalho e seriedade”, conta Marcelinho.

“Quando saímos do PSDB anos atrás, pensamos em ir para o PSB, mas como Lídice era candidata ao Senado e Marcelo também queria majoritária, entendemos que os dois no mesmo partido não era uma boa opção. Então, fomos para o PDT. Saímos do PDT e fomos para o PSL, agora finalmente estamos corrigindo o rumo. Mudamos de partido para não mudarmos de lado”, esclarece Nestor Duarte.

Ingresso de Marcelo Nilo no PSB amplia base política do partido

O ex-governador Jaques Wagner parabenizou o deputado pela decisão de ingressar no PSB. “Marcelo acaba de reafirmar sua marca na política – de coragem, coerência, lealdade, gratidão e dedicação. Sua entrada no PSB vai engrandecer ainda mais a sua caminhada política. Na nossa trajetória, nunca perdemos o rumo, nem o prumo e muito menos o compromisso com o povo baiano”, destaca.

A expectativa do PSB é que Marcelo Nilo se eleja como deputado federal e o PSB Bahia aumente a sua bancada na Câmara. “Esse dia é de Marcelo, de Silvania, de Nestor e de Marcelinho. Estou aqui representando os militantes do nosso partido para dizer da nossa alegria em receber todos vocês. Juntos, iremos dobrar a bancada de deputados estaduais e triplicar a de federais. Vamos lutar por isso”, enfatiza a senadora Lídice.

O deputado federal Bebero Galvão ressaltou que Marcelo Nilo chega para reforçar o quadro do PSB. “Estamos de braços abertos para te receber. Você é a soma e trará mais densidade ao partido. Com você, vamos aumentar a bancada federal”, disse.

Os deputados estaduais Fabíola Mansur, Angelo Almeida e Marquinho Viana destacaram a história política de Marcelo Nilo e sua força na Bahia, afirmando que ele será um dos deputados federais mais votados na próxima eleição.

Reeleição de Lídice

Em seu discurso, Nilo reforçou a presença de Lídice da Mata e de Jaques Wagner como candidatos ao Senado na chapa majoritária e destacou que não se deve mexer em time que está ganhando. “Ser técnico da Seleção Brasileira é bem difícil. Você tem excelentes jogadores, mas só tem 11 vagas. O governador Rui e Wagner estão nessa situação. Tem bons nomes para compor a chapa. Mas não vejo uma chapa sem uma mulher. Não aceito ter uma chapa montada sem ouvir o povo da Bahia. O povo é soberano”, defende.

O secretário-geral do PSB e ex-deputado federal, Domingos Leonelli, também defendeu a reeleição da senadora na chapa do governador Rui Costa. “Muito importante para a Bahia que Lídice da Mata continue senadora ao lado do ex-governador Jaques Wagner”, afirma Leonelli.

 

 

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).