Feira de Santana: vereadora afirma que reforma do HGCA não irá resolver problema da saúde

Aldney Bastos (Neinha): estamos lutando pelo povo que está padecendo e morrendo na porta do Clériston Andrade.

Aldney Bastos (Neinha): estamos lutando pelo povo que está padecendo e morrendo na porta do Clériston Andrade.

Em pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (07/03/2018), na Casa Legislativa de Feira de Santana, a vereadora Aldney Bastos (Neinha, PTB), voltou a criticar o descaso do Governo do Estado com a saúde da população de Feira de Santana. A edil afirmou que a reforma no setor de emergência do Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) não irá resolver os problemas enfrentados pelos pacientes que buscam atendimento médico no município.

“Estamos lutando pelo povo que está padecendo e morrendo na porta do Clériston Andrade. Qualquer um de nós poderá perder quem amamos por conta da precariedade da saúde pública. O Governo Municipal fez a sua parte com a construção de postos de saúde, UPA e policlínicas, mas o Governo do Estado deixou a desejar não cumprindo com a sua parte, que é a construção de um novo hospital na cidade” disse.

Para Neinha, a intervenção no HGCA era necessária. “Hoje o hospital está passando por uma reforma para ampliação, para construção de um puxadinho. Já faz 20 anos que nenhuma intervenção era feita naquele hospital. Mas, é fácil dizer que aquilo é uma grande construção. Mas, ali são paredes elevadas e o que nós queremos é solução”, reivindicou.

A vereadora do PTB, designada pela presidência da Casa para compor a composição responsável por visitar a obra, afirmou que os vereadores não dispõem de habilidade para avaliar o serviço. “Aqui não temos engenheiros, portanto não estamos aptos para fazer avaliação da obra no Clériston Andrade, não somos detentores de conhecimentos da construção civil”, finalizou

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]