Em São Paulo, ex-presidente Lula lança ‘A Verdade Vencerá: o povo sabe por que me condenam’; livro relata casada político-jurídica ao líder trabalhista

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lança livro 'A Verdade Vencerá: o povo sabe por que me condenam'.

Ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lança livro ‘A Verdade Vencerá: o povo sabe por que me condenam’.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva lançou nesta sexta-feira (16/03/2018) o livro ‘A Verdade Vencerá’, em que relata suas perspectivas sobre o processo que o tem colocado como alvo de uma das maiores perseguições políticas da História do Brasil. Publicado pela editora Boitempo, o livro narra detalhes compartilhados pelo ex-presidente desde o processo que levou à derrubada da presidente eleita Dilma Rousseff até sua guerra jurídica atual.

“Por que um cara que foi condenado a 12 anos de prisão continua animado? Continua querendo ser candidato? Porque eu tenho a consciência de que sou inocente. E de que eles mentiram. O que está nesse livro é exatamente a minha verdade”, disse Lula, a uma plateia lotada no auditório do Sindicato dos Químicos, em São Paulo. “Se eles ousarem mandar me prender estarão cometendo uma barbárie jurídica. E me tornarei preso político”, declarou.

Lula ressaltou que a guerra jurídica movida contra ele tem como alvo atacar e reduzir o legado do governo petista. “O grande crime que cometi foi o de provar que era possível subir um degrau em direção à casa grande”, afirmou.

Um dos responsáveis pelas entrevistas que deram origem à publicação, o jornalista Juca Kfouri ressaltou que o conteúdo do livro traz um transparente relato da inocência de Lula. “A verdade do presidente Lula está aqui. E aqueles que participaram do processo de entrevistas ficaram convencidos de que não é só a verdade de Lula. É a de todos nós”, afirmou o jornalista.

Presente no evento, o economista Luiz Gonzaga Belluzzo afirmou que “a humanidade do Lula está expressa neste livro quando ele diz: ‘não fui eleito para virar o que eles são, eu fui eleito para ser quem eu sou. Tenho orgulho de ter sabido viver do outro lado sem esquecer quem eu era.'”

Sobre a obra

Às vésperas do desfecho de uma guerra jurídica sem precedentes chega às livrarias o livro ‘A verdade vencerá: o povo sabe por que me condenam’, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O lançamento se situa em um momento crucial da vida de um dos maiores políticos da história brasileira, na virada de fevereiro para março de 2018, enquanto o país aguarda a decisão do Poder Judiciário sobre sua prisão em decorrência da perseguição movida pela operação Lava Jato.

O coração da obra são as 124 páginas, de um total de 216, que apresentam um retrato fiel do ex-presidente no presente contexto em formato de uma longa entrevista concedida aos jornalistas Juca Kfouri e Maria Inês Nassif, ao professor de relações internacionais Gilberto Maringoni e à editora Ivana Jinkings, fundadora e diretora da editora Boitempo. Foram horas de conversa aberta e sem temas proibidos, divididas em três rodadas, que aconteceram no Instituto Lula, em São Paulo, nos dias 7, 15 e 28 de fevereiro.

Entre os principais temas discutidos, ganha destaque a análise inédita do ex-presidente sobre os bastidores políticos dos últimos anos e o que levou o Partido dos Trabalhadores a perder o poder após a reeleição de Dilma Rousseff. Lula também fala sobre as eleições de 2018 e suas perspectivas e esperanças para o País.

Organizada por Ivana Jinkings, com a colaboração de Gilberto Maringoni, Juca Kfouri e Maria Inês Nassif, a obra traz ainda textos de Eric Nepomuceno, Luis Fernando Verissimo, Luis Felipe Miguel e Rafael Valim. Além disso, a edição é acrescida de uma cronologia da vida de Lula, organizada pelo jornalista Camilo Vannuchi, texto de capa do historiador Luiz Felipe de Alencastro e dois cadernos com fotos históricas, dos tempos no sindicato à presidência, passando pelas recentes caravanas e manifestações de rua.

Sobre o autor

Luiz Inácio Lula da Silva, conhecido internacionalmente como Lula, é ex-presidente do Brasil (de 2003 a 2011). Foi um dos fundadores do Partido dos Trabalhadores (PT), agremiação da qual hoje é o Presidente de Honra. Condecorado com mais de 300 prêmios e honrarias, dentro e fora do país, foi o primeiro presidente do Brasil originário na classe trabalhadora, o primeiro a não ter curso superior, o único que completou dois mandatos por via democrática sem alteração de regras, e o único eleito a passar o poder para sucessora também eleita pelo voto. É reconhecido em pesquisas de opinião pública como o melhor presidente que o país teve, por 50% da população.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]