+ Manchetes >

Comovida por bebê necessitado, mãe realiza doação de leite pela primeira vez no Hospital da Mulher de Feira de Santana

Keilla Mariane realiza doação de leite pela primeira vez no Hospital da Mulher de Feira de Santana.

Keilla Mariane realiza doação de leite pela primeira vez no Hospital da Mulher de Feira de Santana.

“Me comovi porque quando estava internada um bebê prematuro tomava leite de fórmula, pois não tinha leite aqui no Banco de Leite. Fiquei super comovida, e se fosse o meu filho eu ficaria triste de dar leite de fórmula, sendo que alguém poderia ajudar com leite de peito, que é o melhor. Aí eu doei, pois tenho [leite] para dar”.

O depoimento de Keilla Mariane, mãe da pequena Lara, explica o seu nobre gesto de solidariedade. A maquiadora doou pela primeira vez leite para outros bebês, internos do Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS) – o Hospital da Mulher – justamente por ocasião das comemorações pelo Dia Internacional da Mulher nesta unidade, pertencente a Prefeitura Municipal e administrada pela Fundação Hospitalar de Feira de Santana.

O evento, além de lembrar o Dia da Mulher, serviu como incentivo para a doação do leite materno, já que o estoque da unidade ainda continua baixo. Em fevereiro os estoques registraram aproximadamente 76 litros, sendo o ideal 100 litros/mês. As mães doadoras de leite, tanto internas quanto externas, foram prestigiadas com brindes entregues pela equipe do Banco de Leite de Humano (BLH). Keilla dedicou o seu dia para fazer a doação e diz que se sente bem, em ajudar a outras mães e seus bebês.

“Faz por amor”, diz enfermeira sobre mãe doadora

Enfermeira do Banco de Leite Humano do Hospital Inácia Pinto dos Santos, Nadja Carvalho Vieira, falou sobre a importância da doação de leite, para reforço do estoque que atende aos bebês necessitados: “É a valorização da mulher, e ela faz essa doação por amor. Então nada mais justo que valorizarmos à mãe nesse ato”.

Unidade é referência em saúde da mulher na fase reprodutiva

‘Mulher: seu sorriso deixa tudo mais bonito’, foi o título da primeira atividade do dia especial dedicado às pacientes e funcionárias do Hospital Inácia Pinto dos Santos –  90% dos profissionais da unidade são do sexo feminino. A diretora Charline Portugal, em seu discurso, aproveitou a oportunidade para destacar o papel da unidade para as mulheres: “É uma referência, por ser quando se fala em saúde da mulher na fase reprodutiva”.

Campanha sensibiliza servidor a “gerar gentilezas”

Com o intuito de propagar a cordialidade, a empatia, o cuidado, a atenção consigo e com o outro, foi apresentada durante a programação do Dia Internacional da Mulher a campanha ‘Gerindo e Gerando Gentileza’. A iniciativa surgiu da possibilidade de despertar a gentileza com o outro e o gesto ser voltado para quem pratica. No decorrer da apresentação, a palestrante, a psicóloga organizacional Mila Leão, interagiu com o público e abordou sobre o que é ser gentil, a prática da gentileza, a “relação eu e o outro”.

Como símbolo da campanha, foi utilizado o girassol. Segundo a especialista, a escolha da flor é pelo fato de além de representar coisas positivas fazer referência à mulher. “É uma flor que se volta para o sol que representa a luz, coisas boas: vibrações boas, energias boas. E o girassol possui caule forte e não deixa de ser belo, delicado como qualquer outra flor. A mulher também é dessa forma, persistente, forte, delicada e bela”, explica.

Sexualidade na gestação

A programação foi finalizada com a palestra da fisioterapeuta Manu Andrade, sobre o tema ‘Sexualidade na gestação: o que pode?’.  Ela explicou os conceitos de sexualidade, a diferença entre fisioterapia pélvica e ginástica pélvica, a função do fisioterapeuta pélvico e a importância desse profissional educar seu paciente corretamente.

Profissionais tem noções da Ronda Maria da Penha

No auditório do Hospital da Mulher, foi apresentado o Projeto Ronda Maria da Penha da Polícia Militar, com o intuito de destacar a importância do combate à violência contra a mulher. “Hoje não é só um dia de comemoração, mas antes de tudo é um dia de luta. É importante trazer essas questões para uma unidade de saúde, para que os profissionais estejam atentos. Eles podem ser importantes no auxílio a uma mulher que eventualmente esteja enfrentando um problema de violência”, diz a soldado da Policia Militar, Kelly Cristine.

Momento de valorização da mulher

“É um momento importante em que disponibilizamos uma programação diferenciada, mostrando a humanização, o serviço, o atendimento. É importante a valorização da mulher”, afirma a presidente da Fundação Hospitalar, Gilberte Lucas.

Atividade física abre a programação

As funcionárias do Hospital Inácia Pinto dos Santos iniciaram a programação alusiva ao dia dedicado à mulher, na unidade, com uma animada dinâmica de exercícios.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]