Brasília: Operação Shooter investiga participação de militares no comércio ilegal de armas

 Operação Shooter investiga participação de militares no comércio ilegal de armas.

Operação Shooter investiga participação de militares no comércio ilegal de armas.

A Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) deflagrou hoje (23/03/2018) a Operação Shooter com o objetivo de desarticular uma associação criminosa que praticava comércio ilegal de armas de fogo e munições. De acordo com a PCDF, já foram cumpridos 21 mandados de prisão temporária, além de diversos mandados de busca e apreensão.

Seis pessoas foram presas em flagrante. Entre as armas apreendidas há três pistolas, um rifle e um revólver. Os policiais apreenderam também munições de vários calibres. Por meio de nota a PCDF informou que a ação contou com a participação de 180 policiais civis e que a investigação já durava 50 dias.

Está prevista para as 15h uma coletiva de imprensa, na qual as autoridades responsáveis pela investigação falarão sobre a participação de militares e ex-militares do Exército e da Aeronáutica que integram a associação criminosa.

*Com informações da Agência Brasil.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]