Projeto ‘Quatro X Quatro – Teatro da Princesa do Sertão’ beneficia quatro grupos de Feira de Santana

Cena do espetáculo Encarceradas, do Grupo Recorte de Teatro.

Cena do espetáculo Encarceradas, do Grupo Recorte de Teatro.

O Projeto ‘Quatro X Quatro – Teatro da Princesa do Sertão’, premiado através dos Editais Setoriais 2016 e Suplentes da Secretaria de Cultura da Bahia (SecultBA) irá beneficiar quatro grupos de teatro de Feira de Santana que vem comungando dos mesmos ideais e valores relacionados à cultura, ética, relações de trabalho e de aproximação com a sociedade.

O Projeto pretende desenvolver o teatro produzido no interior, requalificando e beneficiando os quatro grupos: A Cia. Cuca de Teatro, que em 2018 celebra 20 anos de trabalho voltados à Infância e Juventude, o Grupo Conto em Cena, o Grupo Cordel de Teatro e o Grupo Recorte de Teatro, atendendo a todos os públicos, desde a criança ao adulto.

O Projeto irá permitir a realização de Oficinas de formação e requalificação artística para circulação dos espetáculos ‘A Peleja de Maria Bonitinha’, ‘Os Fogatas’, ‘Matraga’, ‘Amor em Luiz’, ‘Encarceradas’ e ‘A Estrela do Menino Rei’, que serão apresentados nas cidades de Salvador, Santo Amaro e Coração de Maria.

A notícia foi muito bem recebida pelos diretores e representantes dos Grupos. “A oportunidade de poder requalificar, difundir, fortalecer, desenvolver e dar um novo ânimo para os artistas que compõem os quatro grupos que se unem em prol do teatro no interior baiano é o grande mérito desse Projeto”, diz Henrique Motté, Diretor de produção da Cia. Cuca de Teatro.

“Todos nós que escolhemos trilhar o caminho do teatro somos conhecedores das dificuldades que todo grupo tem de circular com os seus espetáculos, o apoio do Fundo de Cultura é fundamental neste sentido”, complementa Fernando Souza, Diretor do Grupo Recorte de Teatro.

Já Geovane Mascarenhas, Diretor artístico da Cia. Cuca de Teatro, do Grupo Conto em Cena e do Grupo Cordel de Teatro considera que o Projeto é uma grande oportunidade que os quatro grupos têm de ocuparem os espaços cênicos do Estado e assim serem conhecidos e reconhecidos enquanto promotores e difusores da produção teatral que vêm sendo produzida no interior da Bahia.

O Projeto será dividido em quatro etapas de trabalho, sendo que a primeira e segunda (requalificação, ensaios e produção) irá ocorrer no período de fevereiro a julho e a circulação (apresentações dos espetáculos) acontecerá no segundo semestre, no período de agosto a novembro de 2018.

Na etapa de requalificação dos grupos serão realizadas oficinas de Direção musical com o Diretor, ator e músico da Cabriola Cia de Teatro de Salvador com o propósito de contribuir para o aprimoramento do trabalho musical dos grupos nos espetáculos; Oficinas de cenário, figurino e maquiagem com o renomado Diretor Rino Carvalho que realizará um consultoria com os grupos proporcionando uma profunda vivência artística fundamentada em sua larga experiência com o teatro na Bahia; e para finalizar a etapa de requalificação será realizada  uma oficina de Mediação Cultural com a competente e experiente Poliana Bicalho, objetivando oferecer subsídios e ferramentas que possam contribuir para o processo de mediação dos espetáculos com grupos de interesse. Todos os Ministrantes estarão disponíveis para prestar consultoria aos grupos de forma a construir juntos uma nova fase de trabalho.

Terminada a etapa de requalificação artística, será dado início a segunda etapa do Projeto com a realização dos ensaios, preparação e encontros para planejamento das ações de divulgação, visitas técnicas e produção dos espetáculos que serão apresentados nas cidades de Salvador, Santo Amaro e Coração de Maria.

As Oficinas de formação, ensaios e preparação dos espetáculos acontecerão nas salas do espaço cultural do Centro Universitário de Cultura e Arte (CUCA) com apoio da instituição que possui uma infraestrutura adequada à sua realização e reconhece a importância da qualificação dos grupos teatrais.

A terceira etapa corresponde à fase de circulação dos espetáculos que serão apresentados nos meses de setembro e outubro nas cidades de Salvador e Santo Amaro, são eles: ‘A peleja de Maria Bonitinha’ e ‘Os Fogatas’ da Cia. Cuca de Teatro, espetáculos voltados ao público infanto-juvenil e para o público jovem e adulto os espetáculos ‘Matraga’ do Grupo Conto em Cena, ‘Amor em Luiz’ do Grupo Cordel de Teatro e ‘Encarceradas’ do Grupo Recorte de Teatro.  Para os espetáculos que serão apresentados nos teatros os ingressos serão vendidos a preços populares em Salvador no valor de R$ 20,00 (inteira) e R$10,00 (Meia), e em Santo Amaro a R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia). As apresentações do espetáculo ‘Amor em Luiz’, espetáculo de rua do Grupo Cordel de Teatro que ocorrerão em espaços alternativos serão gratuitas para toda a comunidade.

Encerrado o período de apresentações dos espetáculos nas cidades de Salvador e Santo Amaro será realizado a culminância do Projeto na cidade de Coração de Maria no mês de novembro, com a realização de uma única apresentação gratuita do espetáculo ‘A Estrela do Menino Rei’, sendo esse o espetáculo de repertório da Cia. Cuca de Teatro que vem desde 2014 reunindo artistas de teatro e circo, além da participação de músicos e crianças, artistas mirins convidados.

A apresentação do espetáculo ‘A Estrela do Menino Rei’ acontecerá na Cidade de Coração de Maria, localizada a 40 km de Feira de Santana e tem como objetivo realizar uma grande intervenção cultural no Município, com atividades que serão realizadas através da Mediação  Cultural, antes, durante e após o espetáculo.

Um dos principais objetivos do Projeto é a troca de experiências e vivências para requalificação e crescimento dos grupos. Estes novos conhecimentos servirão também como fonte de inspiração dos processos criativos para a produção de futuros trabalhos artísticos. Os quatro grupos unidos e fortalecidos pela arte vão fazer a diferença, pois todo o conhecimento e experiências conquistadas com a caravana de artistas do Projeto ‘Quatro X Quatro – Teatro da Princesa do Sertão’ ajudarão a escrever uma nova história do teatro do interior baiano.

Agenda

Projeto: ‘Quatro X Quatro – Teatro da Princesa do Sertão’

Realização: Cia. Cuca de Teatro, Grupo Conto em Cena, Grupo Cordel de Teatro e Grupo Recorte de Teatro

Espetáculos participantes: ‘A Peleja de Maria Bonitinha’, ‘Os Fogatas’, ‘Matraga’, ‘Amor em Luiz’, ‘Encarceradas’ e ‘A Estrela do Menino Rei’

Cidades que receberão os espetáculos: Salvador, Santo Amaro e Coração de Maria

Ministrantes das oficinas: Heraldo Souza, Rino Carvalho, Poliana Bicalho

Apoio financeiro: Governo do Estado, através do Fundo de Cultura, Secretaria da Fazenda e Secretaria de Cultura da Bahia, através dos Editais Setoriais 2016 e Suplentes da SecultBA

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]