Presidente da Câmara Municipal de Feira de Santana expressa indignação com valores de propostas apresentadas por licitantes do STPAC

José Carneiro: quem tem R$ 195.121,00 para pagar por uma linha no sistema de transporte alternativo não é nenhum coitadinho.

José Carneiro: quem tem R$ 195.121,00 para pagar por uma linha no sistema de transporte alternativo não é nenhum coitadinho.

No uso da tribuna da Casa Legislativa de Feira de Santana, na sessão ordinária desta quarta-feira (07/02/2018), o presidente do Legislativo feirense, vereador José Carneiro Rocha (PSDB), expressou sua indignação com os altos valores das propostas apresentadas pelos participantes do processo de licitação para exploração por meio de permissão, a título precário, de 105 vagas/itens no Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) do município de Feira de Santana.

O edil considerou o ramo de atividade como bastante rentável e informou que em meio às propostas, 18 interessados pagaram mais de R$ 100 mil e 15 pagaram mais de R$ 80 mil. “Quem tem R$ 195.121,00 para pagar por uma linha no sistema de transporte alternativo não é nenhum coitadinho. A licitação para o transporte alternativo foi uma briga de valores altos e esse não é um negócio pequenininho. Nesse processo licitatório a prefeitura conseguiu outorgar apenas R$ 8 milhões”, pontuou.

Em aparte, o vereador Fabiano Nascimento de Souza (Fabiano da Van, PPS) informou que as referidas propostas foram apresentadas por empresários do Feiraguay. “Essas pessoas que apresentarem essas propostas nesses valores não são permissionários do ramo do transporte alternativo”, afirmou.

Para o vereador José Carneiro, é considerado crime a utilização de nome de terceiros para participar de processo de licitação. “É inaceitável que empresários de outros ramos tenham participado do processo licitatório fazendo uso do nome de trabalhadores do sistema de transporte alternativo. Isso é crime”, afirmou.

O vereador Alberto Nery (PT) considerou infundada a afirmação do colega Fabiano da Van e lembrou que o processo licitatório para exploração do sistema de transporte coletivo do município foi de R$ 3 milhões. “A informação de Fabiano da Van não procede. As propostas foram apresentadas e se há irregularidade é preciso averiguar a denúncia”, pontuou.

Para finalizar, José Carneiro destacou o valor da menor proposta efetuada. “O menor valor pago para exploração do sistema de vans foi de R$ 34.300,48. Esse foi o menor valor apresentado para ter direito a atuar no sistema. O negócio não é da China, mas é da Feira”, concluiu.

Luiz Augusto agradece mensagens e afirma que não houve irregularidades em licitação

Durante pronunciamento na sessão ordinária desta quarta-feira (07), na Casa Legislativa, o vereador e líder governista Luiz Augusto de Jesus (Lulinha, DEM) assegurou que o processo licitatório realizado pelo Governo Municipal para exploração de vagas no sistema de transporte alternativo ocorreu dentro da legalidade. “A licitação é pública e qualquer cidadão tem o direito de participar, desde que esteja legalmente apto de acordo com as exigências apresentadas no edital do processo”

Na oportunidade, o edil agradeceu aos amigos, familiares, eleitores e colegas vereadores os votos de felicidades pela passagem de seu aniversário. “Quero agradecer a todos pelas mensagens de aniversário que recebi e agradecer a Deus por mais um ano de vida”, agradeceu.

Em aparte, o vereador Cadmiel Pereira (PSC), ratificou a lisura no processo. “É preciso atentar para o que exige o edital do processo de licitação. O Governo Municipal agiu de forma correta, não há irregularidades no certame”, finalizou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]