OAB Bahia repudia ato de vandalismo na reinauguração de sala da advocacia no Fórum Criminal de Salvador

Cenas do protesto promovido por advogados no Fórum Criminal de Salvador.

Cenas do protesto promovido por advogados no Fórum Criminal de Salvador.

Na manhã desta terça-feira (06/02/2018), durante evento de reinauguração da sala da advocacia no Fórum Criminal de Salvador, advogados promoveram protesto.

Em nota, a OAB Bahia qualificação a situação como “ato de violência e vandalismo sem par na história da Ordem dos Advogados do Brasil Seção Bahia”.

O presidente da entidade, Luiz Viana Filho, diz que advogados serão responsabilizados criminalmente por prejuízos causados.

Um pequeno grupo de advogados, instruído politicamente contra a atual gestão da OAB-BA, posicionou-se na porta da nova sala, impedindo, com o uso da força, a entrada da diretoria da OAB e dos colegas que foram participar da inauguração. O pretexto para a arbitrariedade era a transferência de um funcionário da OAB que trabalhava na sala para a sede da Seccional.

Segundo a OAB Bahia, após inúmeras tentativas de negociação por parte do presidente da OAB-BA, Luiz Viana, e da direção do Fórum Criminal, a Polícia Militar foi chamada pelo diretor do fórum para liberar a sala e conter os manifestantes mais agressivos. Após mais uma tentativa de negociação sem sucesso, desta vez por parte da PM, os manifestantes resistiram à desocupação com violência, depredando instalações da nova sala e agredindo colegas advogados e policiais militares.

A entidade diz que de posse das imagens da violência e do vandalismo, a Diretoria da Ordem está registrando a ocorrência na Polícia Federal e na Polícia Civil e tomará, no âmbito da OAB, todas as medidas disciplinares cabíveis.

Confira vídeos

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]