Governador Rui Costa destaca ações na Educação durante abertura dos trabalhos da ALBA

Governador Rui Costa participa da Sessão Solene da Abertura dos trabalhos da Assembléia Legislativa da Bahia.

Governador Rui Costa participa da Sessão Solene da Abertura dos trabalhos da Assembléia Legislativa da Bahia.

As ações que estão sendo empreendidas pela Secretaria da Educação do Estado foram destacadas pelo governador Rui Costa, durante discurso proferido na abertura dos trabalhos da Assembleia Legislativa da Bahia (Alba), na tarde desta quinta-feira (01/02/2018). “Estou cada dia mais convicto que, juntos, nós podemos avançar na construção de uma Educação transformadora em que a nossa juventude se sinta envolvida e motivada pelas oportunidades que estamos oferecendo a ela. Mais uma vez, convoquei a minha equipe, chamei os prefeitos e os vários segmentos da sociedade, expliquei a proposta e a maioria quase que absoluta abraçou imediatamente o Programa Educar para Transformar. Desde então, o trabalho não para”, destacou Rui.

O governador elencou diversas ações que estão fortalecendo o eixo pedagógico das escolas e incentivando os estudantes a desenvolverem seus projetos de vida a partir da Educação. “Vamos realizar, ainda esse mês, o concurso para professores e coordenadores pedagógicos. São, ao todo, 3.760 vagas cobrindo o estado inteiro e, pela primeira vez, munindo os colégios de uma coordenação pedagógica específica, algo essencial para o planejamento educacional. Isso faz parte de um conjunto de medidas voltadas para os educadores e que é vital para o desenvolvimento da educação na Bahia”, disse.

Rui Costa citou as intervenções que a Secretaria da Educação vem fazendo na estrutura física das escolas, destacando a revitalização do ICEIA, que vai receber em junho o encontro internacional Virtual Educa 2018. “Estamos investindo R$ 210 milhões nas escolas, com obras de melhoria em mais de 550 unidades, construindo quadras cobertas, refeitórios, auditórios, laboratórios e bibliotecas, de modo que a gente construa as bases para sermos uma referência em Educação, mas também na arte, no esporte, na ciência e na cultura. Além da construção de várias escolas já entregues e as que estão em andamento, estamos revitalizando o ICEIA que, em junho de 2018 sediará o XIX Encontro Internacional Virtual Educa, um evento de grande porte, focado em tecnologias aplicadas à educação”, destacou.

Os programas voltados para ofertar oportunidades para os jovens também foram lembrados pelo governador em sua mensagem aos deputados estaduais: Mais Futuro, Primeiro Emprego e o Partiu Estágio. Ao citar o Primeiro Emprego, voltado para estudantes e egressos da Educação Profissional, Rui revelou que mais de 4.300 jovens já estão tendo a sua primeira experiência profissional, atuando no serviço público estadual, por meio de um contrato temporário de dois anos. “Em 2018, vamos convocar mais 4.500 estudantes para ingressar neste Programa, cujos critérios fundamentais são: ter cursado o ensino médio na escola pública estadual e ter assegurado uma boa classificação definida pela média das notas dos últimos três anos”, ressaltou.

Com relação ao Programa Mais Futuro, voltado aos jovens em situação de vulnerabilidade social, que estão nas Universidades Estaduais da Bahia, Rui explicou que o objetivo é evitar a evasão desses alunos causada pela dificuldade de assegurar a sua manutenção material enquanto estudam. “Entre estágio remunerado e bolsas de estudo, este semestre teremos 7.885 estudantes beneficiados. Em uma das minhas idas a Itabuna, conheci uma estudante de Medicina da Universidade de Santa Cruz. Filha de um gari, ela é uma das beneficiárias do Mais Futuro e me disse que, se não fosse a bolsa, muito provavelmente, teria que trancar o curso por dificuldade para se manter na Universidade. O estado não pode fechar os olhos para isso. É preciso possibilitar a esses jovens a conclusão de seus cursos, para que se graduem e retornem à sociedade todo o conhecimento que adquiriram”, revelou.

Ao citar o terceiro programa com foco na geração de oportunidades para os jovens baianos e baianas, o Partiu Estágio, o governador frisou que além de cumprirem a função educacional a qual se propõem, também já se consolidaram como uma fonte de renda “para muitas famílias atingidas pela crise econômica nacional que corrói a renda e o trabalho das pessoas. O Partiu Estágio foi lançado em junho do ano passado e voltado prioritariamente para jovens universitários das instituições públicas e bolsistas em faculdades privadas. Hoje, mais de 5.000 estagiários já estão trabalhando nos órgãos públicos estaduais por um período de um ano, sendo acompanhados por uma coordenação que os monitora e orienta. Deste total, cerca de 95% são oriundos da escola pública”, revelou.

O projeto Escolas Culturais, que está aliando ainda mais a Educação com a Cultura e incentivando os estudantes no mundo das artes visuais, teatro, dança, música e cinema, também ganhou destaque na mensagem do governador. “Estou transformando escolas estaduais de 85 municípios em verdadeiros polos de fazer educação com cultura. Eu realmente acredito que Educação, esporte, arte e cultura juntos, é o que verdadeiramente faz diferença na vida das pessoas. Foi isso o que transformou a minha vida”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]