FAO lança plataforma global para partilhar conhecimentos de agricultura

FAO lança plataforma global para partilhar conhecimentos de agricultura.

FAO lança plataforma global para partilhar conhecimentos de agricultura.

Uma nova plataforma com uma biblioteca de recursos académicos, perfis de especialistas, um serviço de notícias e um chat de discussão estará em breve disponível na internet para os agricultores de mais de 100 países.

A iniciativa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, foi anunciada esta semana para partilhar os recursos da iniciativa Farmer Field Schools, que promove projetos de agricultura comunitária.

Projeto piloto

As Farmer Field Schools, Escolas Campo de Agricultores, numa tradução livre, pretendem ajudar pequenos agricultores a lidar com desafios complexos, como a falta de água ou problemas de cultivo.

Uma destas escolas conta normalmente com 30 pessoas, que se juntam de forma regular para debater problemas comuns e encontrar soluções, lideradas por um professor.

O diretor-geral para Programas da FAO, Dan Gustafson, disse que estes projetos “têm gerado inovações desde que começaram” e que “a aprendizagem e inovações continuas são necessárias para resolver os novos desafios na agricultura.”

Partilha global

Este projeto foi lançado nos anos 80 e hoje a FAO apoia mais de 90 unidades em todo o mundo, incluindo 70 em África. Em todo o mundo, 12 milhões de pessoas já participaram nestas escolas. Em resposta à procura crescente, a FAO lançou a nova plataforma global, junto com 15 parceiros.

Além desta plataforma, a FAO está a desenvolver outras seis iniciativas de partilha global de conhecimento para a agricultura sustentável.

Exemplos

Existem vários exemplos de como estas escolas ajudaram comunidades agrícolas em todo o mundo.

Neste momento, por exemplo, estão a trabalhar com agricultores africanos para combater a peste da lagarta militar, usando métodos simples, acessíveis e sustentáveis.

No passado, as Farmer Field Schools ajudaram produtores na Índia a escolher cultivos adequados às quantidades de água, no Nepal permitiram desenvolver novos métodos de polinização, e na província de Yunnan, na China, o uso de pesticidas foi reduzido em quase um terço.

*Com informações da ONU News.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]