Após construção de imóveis, governador Rui Costa assina contrato com 860 famílias de Salvador

Governador Rui Costa assina contratos com os beneficiários das 860 unidades habitacionais do Residencial das Margaridas, em Salvador.

Governador Rui Costa assina contratos com os beneficiários das 860 unidades habitacionais do Residencial das Margaridas, em Salvador.

O sonho da casa própria se torna realidade na vida de mais de 3.400 baianos. Na manhã dessa quarta-feira (21/02/2018), o governador Rui Costa assinou contratos com os beneficiários de 860 unidades habitacionais do Residencial das Margaridas, localizado no Jardim das Margaridas, em Salvador. O empreendimento, composto em sua totalidade por 94 prédios de cinco pavimentos, foi construído no âmbito do Programa Minha Casa, Minha Vida (MCMV).

“Não existe nenhum programa com tão largo alcance social como o Minha Casa, Minha Vida. Essas famílias nunca conseguiriam pagar um imóvel que custa R$ 64 mil. Eu inauguro sistema de água, estrada e metrô, mas não tem nada que se compare a entrega da chave de uma casa. Porque eu, que nasci e vivi num morro, em uma favela por muito tempo, sei bem a felicidade que é. Desejo que essas famílias, neste novo ambiente, possam cuidar ainda com mais atenção e segurança dos seus filhos e netos”, afirmou Rui Costa.

O governador revelou ainda que o Governo do Estado tem buscado participar do Programa. “Procuramos ajudar, seja com terreno ou na contra prestação, para facilitar a construção dos empreendimentos. Espero que o Brasil volte a contratar mais imóveis e que o Estado da Bahia possa ajudar a Caixa na viabilização de novos projetos”.

Os apartamentos contam com dois quartos, área de circulação, sala, banheiro, cozinha e área de serviço, com piso cerâmico em todos os ambientes. Para a dona de casa Maria Lúcia dos Santos, o imóvel é uma chance de começar uma nova vida. “É a minha casa, é meu lar. Minha família agora vai ter a segurança de um lugar só nosso, onde a gente vai poder viver e ser feliz. Não consigo nem parar de chorar de emoção. Que deus abençoe a todos os envolvidos.”

O empreendimento atende a requisitos de infraestrutura urbana, com pavimentação, acesso, iluminação; e sanitária, com atendimento da rede de água, drenagem e esgoto; além de área social e lazer. O valor global para a execução do Residencial Jardim das Margaridas é de R$ 126 milhões, segundo orçamento aprovado pela Caixa Econômica Federal, sendo R$ 120 milhões oriundos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) e R$ 6 milhões do Governo do Estado.

Trabalho

O Residencial conta com uma área de dois mil metros quadrados, composta por 16 boxes comerciais que se destinam à realização de atividades sócio-produtivas e comerciais, de caráter institucional. A Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) ficará com a propriedade e responsabilidade do empreendimento. “O espaço será utilizado para a criação de centro público de economia que favoreça a criação de empregos e geração de renda dos moradores. Vamos executar ações de promoção do trabalho, de qualificação e de inserção dos moradores no mercado de trabalho”, afirmou Olívia Santana, titular da Setre.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

Assine o JGB

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]