TJBA premia unidades judiciais que reduziram taxas de congestionamento em 2017

Desembargadoras Cynthia Resende e Maria da Purificação da Silva, conselheiro Valdetário Monteiro, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, presidente do TJBA; André Godinho, conselheiro do CNJ; desembargadores Gesilvado Britto e Lícia Laranjeira compõem a mesa da solenidade.

Desembargadoras Cynthia Resende e Maria da Purificação da Silva, conselheiro Valdetário Monteiro, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, presidente do TJBA; André Godinho, conselheiro do CNJ; desembargadores Gesilvado Britto e Lícia Laranjeira compõem a mesa da solenidade.

A premiação do ‘Selo Justiça em Números’, realizada nesta terça-feira (16/01/2018) no auditório do Tribunal de Justiça da Bahia (TJBA), em Salvador, contemplou 168 unidades judiciais – das 456 existentes no estado – com Selos nas categorias Diamante, Ouro, Prata e Bronze.

O critério de avaliação é idêntico ao adotado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) para a edição nacional do Selo Justiça em Números: são premiadas, por competência, as varas que apresentaram as menores taxas de congestionamento.

De acordo com o secretário de Planejamento, Igor Caires, os números obtidos em 2017 já colocam o TJBA em uma situação de destaque no âmbito nacional e na categoria de Médio Porte, à qual está vinculada a corte baiana.

“Gostaria de registrar minha alegria de ver o Tribunal de Justiça da Bahia perseguindo números melhores. Não pelo número, não pelo ranking ou pela qualificação que o CNJ venha a adjetivar, mas pela vontade de prestar um melhor serviço à população”, disse o conselheiro do CNJ, Valdetário Monteiro, que compôs a Mesa de honra da solenidade ao lado da presidente do Tribunal de Justiça da Bahia, desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago.

Também compuseram a Mesa a 1ª vice-presidente, desembargadora Maria da Purificação da Silva; a 2ª vice-presidente, desembargadora Lícia Laranjeira; a corregedora das Comarcas do Interior, desembargadora Cynthia Resende; o presidente eleito do TJBA, desembargador Gesilvado Britto, e o conselheiro do CNJ, André Godinho. O corregedor-geral da Justiça, desembargador Osvaldo Bomfim, não compareceu por estar em visita regimental.

“Como advogado, percebo nesta gestão, que em breve se encerra para o início da nova, uma capacidade diferenciada de diálogo, e isso faz toda a diferença”, elogiou André Godinho. Ele também acredita que com a posse da nova mesa diretora, este movimento terá segmento, para que novas mudanças possam acontecer a partir das “bases firmes”, construídas na atual gestão.

“Estamos aqui para reconhecer, agradecer e premiar a quem ajudou e continua ajudando ao Tribunal de Justiça do Estado da Bahia”,anunciou a presidente, se referindo aos juízes e servidores que trabalharam com “esforço e competência” ao longo do período.

Ela também recordou o compromisso firmado no início de sua gestão de melhorar a posição da corte no ranking nacional organizado pelo CNJ, e que isso foi feito através de ações que fortalecessem a justiça de primeiro grau, principal porta de acesso do jurisdicionado ao poder judiciário. “A mudança de posição do tribunal no ranking nacional é um desafio institucional muito além de qualquer vaidade pessoal. Embora os números alcançados sejam excelentes, eles são apenas o inicio de uma caminhada que não admite retrocessos”, afirmou.

Inicialmente, representantes dos cartórios integrados das Varas de Relação de Consumo, receberam menção honrosa pelo trabalho desenvolvido.

Em seguida, foram chamados magistrados e servidores das varas judiciais que ganharam o selo diamante.

Ao final da solenidade, o advogado e especialistas em motivação, Marcos Rossi, ministrou palestra para desembargadores, juízes e servidores.

Baixe

Confira relação 2018 das unidades vencedoras do ‘Selo Justiça em Números TJBA’

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]