Salvador: Família Vieira Lima resiste a tomada do MDB por liderados do prefeito ACM Neto

Reportagem da Revista Época destaca que os Vieiras Lima estão irritados com ACM Neto e acreditam que o prefeito de Salvador quer tirar o poder que eles têm no MDB baiano’.

Reportagem da Revista Época destaca que os Vieiras Lima estão irritados com ACM Neto e acreditam que o prefeito de Salvador quer tirar o poder que eles têm no MDB baiano’.

Reportagem de Murilo Ramos, publicada na Revista Época desta sexta-feira (12/01/2018), afirmam que, o presidente afastado do MDB da Bahia e ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB), preso em Brasília, e o irmão deputado federal Lúcio Vieira Lima expressam insatisfação com relação ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), em decorrência de movimentações do alcaide que objetivam a tomada do comando do partido pelo vice-prefeito de Salvador, Bruno Reis.

Os Vieira Lima são processados e investigados no Caso Lava Jato. Eles contam com o apoio do presidente-interino do MDB na Bahia, deputado estadual Pedro Tavares. Mas, existe dissidência interna cobrando a mudança do comando do partido.

Em Salvador, o MDB é presidido por Lúcio Vieira Lima.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]