Salvador: em vídeo direcionado à ACM Neto, cidadão denuncia falta de atendimento médico na UPA de Periperi; “a vida não é só festa, prefeito”

ACM Neto, durante orgia de R$ 14 milhões promovida com recursos públicos, no réveillon 2017/2018. Em decorrência da deterioração do serviço de saúde, cidadão alerta: “a vida não é só festa, prefeito”.

ACM Neto, durante orgia de R$ 14 milhões promovida com recursos públicos, no réveillon 2017/2018. Em decorrência da deterioração do serviço de saúde, cidadão alerta: “a vida não é só festa, prefeito”.

Indignado, cidadão grava vídeo com mensagem de protesto endereçada ao prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM). No vídeo, o cidadão relata, no sábado (27/01/2018), a falta de atendimento médico na Unidade de Pronto Atendimento (UBA), do Bairro Periperi.

Na sequência, questiona se a administração não está desviando dinheiro e critica ACM Neto por gastar recursos públicos com festa.

No réveillon 2017/2018, o prefeito ACM Neto promoveu cinco dias de festa. Com gastos estimados em R$ 14 milhões, a orgia com recursos públicos foi criticada em editorial do Jornal A Tarde.

Observa-se que o resultando direto da farra com recursos públicos promovida pela administração do prefeito ACM Neto é a deterioração da qualidade de vida da população soteropolitana que habita na periferia da cidade.

Confira vídeo

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518), Sindicato dos Jornalistas Profissionais no Estado da Bahia (SINJORBA), Associação Brasileira de Imprensa (ABI Nacional, Matrícula nº E-002907) e Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia).