Salvador: 7ª edição do Festival Internacional de Capoeiragem terá mesa que fala da mulher na capoeira

Roda de conversa sobre a mulher na capoeira é realizada no 7º Festival Internacional de Capoeiragem.

Roda de conversa sobre a mulher na capoeira é realizada no 7º Festival Internacional de Capoeiragem.

Uma roda de conversa na sétima edição do Festival Internacional de Capoeiragem vai falar da mulher na capoeira. Batizado de ‘A Mulher na Capoeira: desafios e perspectivas’, o encontro acontece nesta sexta-feira (26/01/2018), às 15 horas no Forte da Capoeira, em Salvador, sendo aberto ao público. No local, a mestra Patrícia (Patrícia Mascarenhas Fernandes), do grupo Urucungo Capoeira, vai apresentar um relato de suas experiências na jornada de muitos anos de capoeira.

A Roda de Conversa tem por objetivo compartilhar experiências de mulheres capoeiristas que superaram os desafios sociais, econômicos e físicos e o acúmulo de responsabilidades cotidianas e conseguiram se estabelecer no universo da capoeira.

Após a apresentação da mestra, haverá um debate mediado pelas monitoras Pimentinha (Daniele Canedo) e Chapinha (Raffaella Grossi), uma baiana e uma italiana que fazem parte do grupo CTE Capoeiragem. A Roda de Conversa é promovida pelo Festival Internacional da Capoeiragem em parceria com o @CapoeiraMulher, perfil do Instagram que visa promover a visibilidade e o reconhecimento das mulheres capoeiristas, bem como a sororidade entre as mesmas.

O Festival é apresentado pelo Governo da Bahia e conta com o apoio da Bahiagás, é uma realização do Instituto CTE Capoeiragem, em parceria com a Polo Cultural.

A mestra Patrícia Iniciou a capoeira com mestre Ferreira em 1986, aos 15 anos, tempo em que não existiam muitas meninas nessa prática. Na sua trajetória, pôde percorrer alguns estados e países jogando capoeira, esteve um período em Barcelona ensinando para adultos e crianças, além de representar a Bahiatursa em uma turnê pela Inglaterra e recentemente apresentou sua trajetória na embaixada do Brasil em Buenos Aires.

Mestra Patrícia também foi relatora e facilitadora do processo de Salvaguarda da capoeira em 2016, pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). É a idealizadora do Projeto ‘A criança na capoeira’, para capacitação de mestres que trabalham com criança. Costuma participar de eventos de capoeira com aulas práticas e palestras sobre a criança na capoeira. Também tem realizado rodas de conversa com pais e mães de crianças que treinam capoeira para discutir a respeito das dificuldades na educação dos filhos.

Festival Internacional de Capoeiragem

De 24 a 27 de janeiro a Bahia reunirá vários mestres renomados, capoeiristas de mais de 20 países, crianças de projetos sociais e estudantes, no Forte da Capoeira – Santo Antônio Além do Carmo, com entrada gratuita. Na programação, estudantes, educadores, pesquisadores e adeptos da arte/luta Capoeira estarão imersos em um espaço que contará com oficinas, palestra, vivência e turismo, além de shows musicais. As inscrições para as oficinas de Capoeira podem ser realizadas pelo site www.festivalcapoeiragem.com.br/sympla.

A iniciativa contribui para a formação e intercâmbio de experiências de capoeiristas do mundo inteiro, além de acontecer no lugar onde se originou a arte. O Festival é apresentado pelo Governo da Bahia e conta com o apoio da Bahiagás, e é uma realização do Instituto CTE Capoeiragem, em parceria com a Polo Cultural.

Agenda

Onde: Forte Santo Antônio Além do Carmo – Forte da Capoeira

Endereço: Largo de Santo Antônio Além do Carmo, s/n – Santo Antônio Além do Carmo (Salvador)

Quando: 24 a 27 de jenairo

Inscrições: www.festivalcapoeiragem.com.br/sympla

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]