Motoristas do transporte alternativo e complementar de Feira de Santana realizam manifestação contra licitação promovida pela prefeitura

Protestos ocorreram durante licitação do transporte alternativo e complementar de Feira de Santana. Deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT) participou da manifestação.

Protestos ocorreram durante licitação do transporte alternativo e complementar de Feira de Santana. Deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT) participou da manifestação.

Na manhã desta quinta-feira (25/01/2018), motoristas do transporte alternativo de vans de Feira de Santana e distritos realizaram uma manifestação, no auditório da Secretaria de Saúde do município, contra a licitação da Prefeitura que visa reduzir o número de vans e limitar a circulação dos veículos em determinados pontos da cidade.

Segundo a advogada da Cooperativa de Transporte Alternativo de Feira de Santana (Coopetrafs), Isabela Prado, foi feita uma solicitação pela Cooperativa à Câmara de Vereadores, para que fosse realizada uma audiência pública junto à população para discutir as possíveis irregularidades na construção do edital, que propõe a redução de quase 50% dos veículos. Ao todo, circulam pelas ruas de Feira de Santana 198 carros de transporte alternativo e com a licitação esse número cai para 105.

O deputado estadual Zé Neto (PT) esteve presente na manifestação para prestar solidariedade e registrar apoio à categoria. Segundo o parlamentar, “no passado, 25% da população fazia uso das vans e cerca de 75% usava o ônibus. Isso em um processo de competitividade grande e redução de espera nos pontos, o que evidentemente fazia com que todos ganhassem. Se hoje, os donos de ônibus estão amargando 12% da população, é bom lembrar que quando o sistema alternativo de vans funcionava por completo, esse percentual atingia aproximadamente 28,5%. Portanto, fica evidente que esses resultados são reflexos de estratégias equivocadas, como essa que está sendo implementada pelo município”, disse.

Durante a mobilização, Zé Neto também falou sobre a importância do sistema alternativo para a população. “Pesa o fato de que, talvez por falta de visão, os donos de ônibus, bem como o município através de seus dirigentes, não entendam que esse sistema alternativo ajuda a reduzir o tempo de espera nos pontos de ônibus e, portanto, aumenta a credibilidade, fazendo com que todos ganhem. Espero que a luta jurídica surta efeito e que o município possa manter as 198 vans, o diálogo e a responsabilidade com esses pais e mães de família, bem como toda a população que irá pagar o preço, se houver essa redução como está propondo o processo licitatório.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]