+ Manchetes >

Ex-alunos da American World University devem comparecer à Justiça para requerer ressarcimento de despesas, diz MPF Bahia

A pedido do Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA), a Justiça Federal expediu novo edital para habilitação de interessados no processo que condenou a American World University (AWU) por promover curso de graduação e de pós-graduação sem autorização do Ministério da Educação e Cultura (MEC). A habilitação junto à Justiça deve ser feita até o dia 27 de novembro de 2018, sendo fundamental para que o ex-aluno se torne parte legítima no processo, para possibilitar o ressarcimento de suas despesas pela instituição.

A sentença, datada de 30 de junho de 2015, condena a AWU a paralisar suas atividades definitivamente até que obtenha autorização do MEC, a reparar os danos materiais sofridos pelos alunos, ao pagamento de R$ 250 mil em danos morais coletivos, bem como fornecer a lista completa de todos os alunos baianos matriculados e promover a ampla divulgação da sentença, com publicação em, no mínimo, um jornal de grande circulação. Baseado no fato de que a American World University não cumpriu a determinação judicial de publicação em jornal de grande circulação, o MPF requereu autorização judicial para promover a divulgação do edital e do inteiro teor da sentença, dando ampla publicidade do seu conteúdo.

Todos os ex-alunos que tenham sido prejudicados pela AWU poderão comparecer a partir de 8 de janeiro até 27 de novembro de 2018, das 9 às 18 horas, na 16ª vara Federal, localizada no Fórum Teixeira de Freitas, Av. Ulisses Guimarães, 2799, Centro Administrativo da Bahia, para se habilitarem no processo.

*Número para consulta processual: 45964-88.2013.4.01.3300 – Seção Judiciária do Estado da Bahia.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]