Encontro em Santaluz debate produção orgânica no Nordeste

XVII Encontro de Produtores Orgânicos do Nordeste, no município de Santaluz.

XVII Encontro de Produtores Orgânicos do Nordeste, no município de Santaluz.

O alimento saudável é fundamental para a qualidade de vida, e a sua forma de produção para o consumo humano é fator determinante para a saúde. É na perspectiva de buscar estratégias de fortalecimento e luta contra o uso abusivo e indiscriminado de agrotóxico nas plantações, que nesta segunda-feira (22/01/2018), no município de Santaluz, mais de 200 pessoas estão reunidas no XVII Encontro de Produtores Orgânicos do Nordeste (EPO), no Centro Estadual de Educação Profissional do Campo Paulo Freire.

“A busca por uma alimentação saudável vai além do discurso ou desejo nosso, ela se transformou numa demanda de mercado, pois as pessoas estão mais conscientes sobre a sua segurança alimentar e nutricional. O desafio é continuar contribuindo para potencializar o desenvolvimento produtivo de uma agricultura familiar sadia, com produção orgânica, agroecológica e sustentável. Nossa agricultura tem um diferencial, vai para além do mercado. Ela combina e cuida do meio ambiente, de quem produz e de quem consome”, destacou Jerônimo Rodrigues, secretário de Desenvolvimento Rural (SDR).

Rodrigues participou da mesa de abertura e também ministrou uma palestra sobre as Políticas Públicas na Agricultura Familiar. Ele explicou o processo de construção das políticas públicas que perpassa pelo debate, construção e sanção de leis, orçamento e execução das ações. “Nós só fazemos políticas públicas com discussão, diálogo e união. Encontros como estes se configuram como iniciativas importantíssimas para a troca experiências, planejamento de ações para o futuro e fortalecimento da luta por um rural mais justo e com garantia de direitos”.

O secretario da SDR, durante explanação, também falou sobre o serviço de assistência técnica e extensão rural (ATER), o andamento das ações de em prol da implementação de armazéns territoriais, para escoamento da produção da agricultura familiar, e apresentou os projetos Bahia produtiva e Pró Semiárido, além da Lei Estadual de Convivência com Semiárido.

Encontro de Estados

Nesta XVII edição, o EPO reúne representações de cinco estados: Bahia, Piauí, Pernambuco, Ceará e Sergipe. O tema que norteia a realização do evento é Tecnologia Social e Sustentabilidade na convivência com o Semiárido.

“Esse evento é uma experiência muito boa e enriquecedora, pois há uma troca de informações entre os estados, ajuda a fortalecer o trabalho da agricultura orgânica e agroecológica que nós realizamos nas comunidades rurais, e contribui nos desafios atuais”, afirma Maria José de Freitas, engenheira agrônoma, do município de Lagoa do Itaenga-PE, que faz parte da Associação de Produtores Agroecológicos (ASSIM).

Gileilda da Costa, uma das organizadoras do evento, e secretária de Educação da Fundação de Apoio aos Trabalhadores Rurais e Agricultores Familiares da Região do Sisal e Semiárido da Bahia (Fatres), salientou que “esse encontro já se tornou tradicional e traz respostas significantes, pois nos mostra novas tecnologias e projetos que funcionam para a produção e valorização do homem e da mulher, como resultado temos a permanência das pessoas no campo, com os seus espaços e direitos assegurados”.

Programação

O EPO segue até esta quarta-feira (24), com uma programação diversificada que conta com comercialização de artesanatos e alimentos da agricultura familiar, mesas debatedoras, apresentações culturais e visita a experiências exitosas na área de desenvolvimento rural.

O EPO, que tem a participação de agricultores e representantes de sindicatos, associações, cooperativas, secretários municipais de Agricultura, universidades e institutos federais, é uma realização dos Sindicatos dos Trabalhadores Rurais de Santaluz, União Sertaneja, Associação das Cooperativas de Apoio à Economia Familiar (Ascoob), SHARE Agriculture Foundation, Humana Brasil e Fatres, entre outras instituições representativas da agricultura familiar.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]