Eleições 2018 – Bahia: Deputado Ângelo Coronel diz que PSD vai indicar nome para concorrer ao senado na chapa majoritária liderada pelo governador Rui Costa

Ângelo Coronel: nosso partido deverá indicar um candidato ao senado.

Ângelo Coronel: nosso partido deverá indicar um candidato ao senado.

O deputado Ângelo Coronel (PSD), presidente da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA), em entrevista exclusiva — concedida nesta quarta-feira (23/01/2018) ao Jornal Grande Bahia (JGB) — afirmou que o PSD, agremiação liderada pelo senador Otto Alencar, vai indicar nome do partido para disputar o cargo de senador, no pleito eleitoral de 2018, na chapa majoritária liderada pelo governador Rui Costa.

Fontes do Jornal Grande Bahia informaram que a chapa majoritária seria composta por Rui Costa (PT), governador; João Leão (PP), vice-governador, Jaques Wagner (PT), senador; e Ângelo Coronel (PSD), senador. Neste contexto, a senadora Lídice da Mata (PSB) não disputaria a reeleição. Ocorre que a socialista tem reiterado apoio à reeleição de Rui Costa e manifestado desejo de disputar reeleição.

Confira a entrevista

Jornal Grande Bahia — Como avalia o cenário político-eleitoral na Bahia?

Ângelo Coronel —  É um cenário que está começando um afunilamento. Para o governo da Bahia existem duas candidaturas postas, praticamente, que é a de Rui Costa (PT) e a de ACM Neto (DEM). Vai ser uma disputa vibrante, porque se trata de dois grandes administradores, o prefeito da capital tem feito um bom trabalho e o governador Rui Costa tem feito um grande trabalho na capital e em todo o estado da Bahia. Mas, nós somos da base do governador Rui Costa, e o nosso partido do PSD, vamos marchar na reeleição de Rui Costa. Nosso partido deverá indicar um candidato ao senado. E nisso aí nós temos que lutar, correr essa Bahia toda para que Rui se reeleja e dê continuidade ao mandato para atender aos anseios da sociedade da Bahia.

JGB — Com relação à sua administração à frente da Assembleia Legislativa da Bahia, o que o destacaria de realização no primeiro ano?

Ângelo Coronel — Primeiro passo o recorde de projeto aprovado na história. Desde que a Assembleia Legislativa da Bahia foi fundada, 2017 foi o ano em que nós aprovamos mais projetos, tanto dos poderes Executivo e Judiciário, como, também, de origem parlamentar.

Aprovamos o plano de cargos e salário. Observe que há 25 anos os salários estavam achatados [abaixo da remuneração ideal], de aposentados e pessoal da ativa; fizemos a primeira devolução de recursos da história da Bahia.

Foram devolvidos R$ 555 mil. O recurso será aplicado na construção de uma UTI no Hospital Irmã Dulce.

Então, são coisas que não existiam na Assembleia que a gente implementou. Espero que esses recordes, que nós atingimos em 2017, a gente tenha condição, junto com nossos colegas, de superar os nossos próprios recordes em 2018.

JGB — Para esse primeiro semestre, quais são as perspectivas em termos administrativos?

Ângelo Coronel — Nós vamos dar continuidade ao programa Assembleia de Carinho, que um caso de sucesso, sendo implantado em nove estados do Nordeste. Onde a Assembleia, pela primeira vez na história, firma convênio com o Hospital Aristides Maltez, Martagão Gesteira, Ana Nery, Grupo de Apoio a Crianças Com Câncer, Grupo de Apoio a Crianças Autistas, demonstrando assim, que a Assembleia pode ser humanizada, que a Assembleia pode ir de encontro à sociedade. Não esperar a sociedade vir à Assembleia, mas invertemos o vetor. Por fim, dizer que nós estamos indo ao encontro da sociedade para ouvir e saber quais são as demandas.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]