Deputado Alex Lima critica prestação de serviço da COELBA

Alex Lima: em diferentes lugares do estado, nos deparamos com queixas sobre queda no fornecimento de energia e cobranças indevidas.

Alex Lima: em diferentes lugares do estado, nos deparamos com queixas sobre queda no fornecimento de energia e cobranças indevidas.

Após denunciar a baixa qualidade no fornecimento de energia em diferentes cidades da Bahia, o deputado estadual Alex Lima (Podemos) voltou a criticar os serviços prestados pela Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (COELBA). De acordo com o parlamentar, em todos os cantos da Bahia há queixas sobre cobranças indevidas e baixa qualidade do serviço, o que têm causado prejuízos e transtornos aos baianos.

“Em diferentes lugares do estado, nos deparamos com queixas sobre queda no fornecimento de energia e cobranças indevidas. Mesmo assim, as cobranças das taxas ocorrem assiduamente, mas nem sempre o baiano pode contar com o serviço da Coelba. ”, disse o deputado.

Na última segunda-feira (08/01/2018), o Ministério Público da Bahia (MP-BA) ajuizou uma ação civil pública contra a Coelba por ter suspendido o fornecimento de energia de diversos consumidores inadimplentes de Salvador sem o devido aviso prévio. Segundo a promotora de Justiça Joseane Suzart, a atitude da empresa fere o artigo 6º do Código de Defesa do Consumidor (CDC). “Isso é só mais uma prova do quanto a Coelba tem deixado a desejar na prestação de serviço. Em Salvador suspende o serviço de forma arbitrária e nas cidades do interior, nem sequer oferece tais serviços. Espero, realmente, que providências sejam tomadas para evitarmos novos prejuízos”, afirmou.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]