Codevasf beneficia comunidades rurais com poços tubulares no semiárido da Bahia

Comunidades rurais do Médio São Francisco baiano terão acesso a água facilitado com a perfuração e instalação de 30 poços tubulares.

Comunidades rurais do Médio São Francisco baiano terão acesso a água facilitado com a perfuração e instalação de 30 poços tubulares.

Comunidades rurais de 10 municípios do Médio São Francisco baiano terão o acesso a água facilitado com a perfuração e instalação de 30 poços tubulares. Os municípios estão na área de atuação da 6ª Superintendência Regional da Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf), sediada em Juazeiro. O investimento na ação ultrapassa R$ 645 mil. O contrato com a empresa responsável pelas obras já foi assinado.

Os municípios contemplados são Mirangaba, Campo Alegre de Lourdes, Curaçá, Glória, Remanso, Sobradinho, Morro do Chapéu, Pilão Arcado, Sento Sé e Várzea Nova. As estruturas vão beneficiar mais de 600 famílias que vivem e produzem nessas áreas.

“Essa é uma ação de extrema importância para esses municípios, pois sabemos a realidade que muitas famílias enfrentam. Promover uma ação de tamanho impacto social trará benefícios para o desenvolvimento da atividade agrícola e, consequentemente, melhoria na qualidade de vida dessas pessoas”, afirma o analista em Desenvolvimento Regional Luiz Manoel de Santana, que está respondendo pela 6ª Superintendência Regional da Codevasf.

Cada poço possui um reservatório com capacidade para cinco mil litros. Os recipientes são dotados de três torneiras e um bebedouro para animais. “Em função da grande estiagem que a região Nordeste enfrenta, as comunidades rurais têm passado grande dificuldade por causa da falta de água. Com essa ação, temos o objetivo de levar água para as pessoas que vivem nesses locais, contribuindo para dessedentação animal e outras atividades, de uma maneira mais acessível e facilitada”, explica a analista em Desenvolvimento Regional da Codevasf, Maria Jaciara Paiva, da Gerência Regional de Infraestrutura em Juazeiro.

Poços Cristalinos

A perfuração e instalação de poços oferecem alívio para a população que vive e produz em áreas onde a falta de água é agravada pela seca prolongada. Os poços perfurados e instalados pela Codevasf no semiárido são uma tecnologia de convivência com a seca que se divide em dois tipos: poços sedimentares e cristalinos. Nesse caso serão apenas os cristalinos.

O poço tubular em áreas cristalinas é perfurado e instalado em regiões de subsolo rochoso, entre 50 a 80 metros de profundidade, e a água é captada nas fendas das rochas, onde acumula-se água. O volume é menor e a captação é feita por catavento ou por bomba submersa.

De acordo com os estudiosos, os poços cristalinos apresentam uma salinidade alta, resultado de um processo complexo que ainda não foi totalmente definido pelos especialistas no assunto.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]