UPB critica governo usurpador de Michel Temer por não definir quando recurso financeiro de R$ 2 bilhões será enviado aos municípios

Michel Miguel Elias Temer Lulia.

Medida provisória assinada pelo mandatário da usurpação democrática Michel Temer determina área que o socorro financeiro deve ser aplicado e não traz data exata para o repasse de R$ bilhões.

Após provocar revolta e mobilização dos prefeitos brasileiros junto a deputados e senadores por não fazer o repasse de R$ 2 bilhões, que foi acordado com o presidente para dezembro, o próprio Governo Federal lança mão de mais uma “solução”, que na verdade só protela o problema da crise nos municípios.

O governo usurpador do presidente Michel Temer (PMDB/SP) publicou MP, assinada pelo presidente Michel Temer, que libera R$ 2 bilhões da União para municípios. Porém este recurso será repassado em 2018, sem data determinada, e deve ser aplicado nas áreas de saúde e educação.

“Essa é mais uma prova de que o presidente não tem nenhuma consideração e respeito pelos municípios e pelas pessoas que vivem aqui. Depois de toda essa sacanagem de nos surpreender ao não cumprir o que foi acordado em Brasília, no dia 22 de novembro de 2017, protela o problema por mais um ano e ainda determina como vamos gastar?!”, disse o presidente da União dos Municípios da Bahia, Eures Ribeiro. O gestor afirma, ainda, que os 417 prefeitos do estado estão sem saber o que fazer diante da situação. “Contávamos como repasse para fechar as contas do ano. Nem tenho palavras para classificar uma postura tão desrespeitosa desse governo. Se não podemos confiar no presidente da Nação, o que nos resta?”, completa.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]