Resolução sobre Juventude do PT prevê 2018 de luta e defesa do ex-presidente Lula

Juventude do PT é mobilizada para promoção da luta popular em defesa do ex-presidente Lula e da democracia.

Juventude do PT é mobilizada para promoção da luta popular em defesa do ex-presidente Lula e da democracia.

Aprovada em reunião da Executiva Nacional do Partido dos Trabalhadores, nos dias 15 e 16 de dezembro 2017, a resolução sobre a Juventude do PT (JPT) prevê um ano de 2018 de combate aos retrocessos do governo golpista, defesa ao ex-presidente Lula e de unificação da juventude em toda a sua diversidade.

Logo no primeiro semestre, os jovens da JPT irão organizar o 4º Congresso Nacional da Juventude do PT que, segundo a resolução, será “um processo de ampla mobilização da juventude petista e brasileira em defesa do Presidente Lula, dos direitos da classe trabalhadora e da democracia”.

“O PT é o maior instrumento da classe trabalhadora e precisa disputar a eleição”, opina o Secretário Nacional de Juventude, João Paulo Farina.

Ele afirma que a juventude do partido estará em peregrinação em defesa do ex-presidente Lula. “(A defesa de Lula) será um ato mundial, em que a inocência do ex-presidente vai representar uma luz de democracia para o mundo inteiro”, diz.

“A derrota do presidente Lula (no campo jurídico) representaria a derrota da democracia”.

Para Gabriel Medeiros, membro do diretório nacional do PT, “vivemos uma conjuntura muito acirrada, de defesa dos direitos civis, da democracia e defesa da candidatura do Lula”.

“É um momento de fazer a construção para disputar a política da juventude brasileira como tarefa central”, afirmou.

“Neste cenário, é mais que central que a Juventude do PT se organizar para esta disputa. Também temos que disputar as nossas pautas e, inclusive, disputar a juventude brasileira, que demonstra que quer, pelas caravanas, defender o legado de nosso governo, construir um legado popular”, completou.

Integrante do Balaio, grupo de jovens do PT que compõe o DCE da USP, Laura Martin afirma que o grupo “se mobilizará para estar em Porto Alegre (no dia 24), assim como estivemos em Curitiba nos posicionando contra os abusos à operação Lava Jato”.

“A Juventude do PT precisa se somar às mobilizações de movimentos locais de esquerda, unindo forças em defesa do direito de Lula ser candidato”, completou.

Além de organizar a defesa de Lula no campo da Juventude, o congresso, que acontece no primeiro semestre do próximo ano, será onde a Juventude definirá as diretrizes e os planos de ação política da secção. Também serão definidos os novos secretários, secretárias, diretores e diretoras da Juventude nas esferas municipais, estaduais e nacional durante os próximos dois anos.

“Primeiro, vamos orientar a base do PT, realizando congressos nas esferas municiais e estaduais para articular as regiões e trazer para perto os jovens da periferia, do campo, os quilombolas”, diz Farina.

“(Pretendemos) Colocá-los no mesmo espaço de discussão de como a juventude pode ser promotora deste desenvolvimento do País.”

“O Brasil precisa ter um projeto que engloba os 55 milhões de jovens para impulsionar esse desenvolvimento”, continua o secretário nacional da JPT.

“Este período de retrocessos, congelamento de gastos e série de cortes afeta grande parte da população que é a juventude, em especial os segmentos mais vulneráveis da sociedade”, completa.

Para David Paraguai, também integrante do Balaio, o congresso da Juventude do PT será importante “para que a JPT se posicione e construa uma resistência” interna e com a sociedade, garantindo que os retrocessos sejam freados, como a PEC da Morte (PEC do teto de gastos), reforma trabalhista e da previdência.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]