Prefeito José Ronaldo dá ordem unida: tem que criticar e cobrar o governador Rui Costa; na sequência, pergunta: “o que ele fez por Feira de Santana”

Encontro ente o prefeito José Ronaldo e a imprensa de Feira de Santana foi demarcado pela orientação de ataque ao governador Rui Costa.

Encontro ente o prefeito José Ronaldo e a imprensa de Feira de Santana foi demarcado pela orientação de ataque ao governador Rui Costa.

Usando tom severamente crítico e pouso usual, prefeito de Feira de Santana, José Ronaldo (DEM), abordou a gestão do governador Rui Costa (PT) com relação aos investimentos realizados no município.

As críticas de José Ronaldo perduraram por 20 minutos e tiveram como alvo a falta de saneamento do entrono da Lagoa Grande; investimentos municipais e federais no BRT, afirmando que não ocorreu interferência ou investimento do governo do estado no sistema de transporte público em implantação no município; disse que o investimento realizado pelo governador, no Hospital Estadual da Criança (HEC), não foi R$ 4 milhões, mas, de apenas R$ 750 mil; em seguida questionou, quais foram as obras do governador em Feira de Santana.

Dando sequência ao ataque político ao governo Rui Costa, o prefeito apontou falhas na duplicação das avenidas marginais à Eduardo Fróes da Mota (Anel de Contorno Viário), trecho compreendido do viaduto da BR 324 ao viaduto que conecta as Avenidas Getúlio Vargas com Noíde Cerqueira.

Abordando a base política do governador em Feira de Santana, José Ronaldo provocou o deputado federal Fernando Torres (PSD), afirmando que muito pouco pôde fazer, quando secretário do governo Rui Costa, porque a maior parte das verbas da Secretaria Estadual de Desenvolvimento Urbano (SEDUR) estavam condicionadas ao Sistema Metroviário Salvador – Lauro de Freitas.

As provocações de José Ronaldo não cessaram e foram dirigidas, também, ao líder do governo na Assembleia Legislativa (ALBA), deputado José Cerqueira Neto (Zé Neto, PT), questionando a capacidade de comunicação entre o deputado e o governador. “Quando fui líder do Governo Paulo Souto fala como o governador a qualquer momento”, afirmou.

As críticas do prefeito José Ronaldo objetivaram mobilizar o conjunto de profissionais de imprensa que segue a liderança do alcaide. Foi um discurso dirigido à um público selecionado, com a finalidade política de desgastar a imagem do governador, junto à população feirense.

O encontro entre o alcaide e a imprensa ocorreu no auditório da sede da Secretaria Municipal da Saúde de Feira de Santana, durante evento promovido neste sábado (23/12/2017) pela Secretaria Municipal de Comunicação Social (SECOM), cuja finalidade era debater com os profissionais de comunicação ‘A produção jornalística no rádio’, ‘A postura profissional em uma entrevista coletiva’ e a ‘A conquista da credibilidade’. Ao final do evento, como ocorreu em anos anteriores, o secretário de Comunicação, Valdomiro Silva, homenageou profissionais da imprensa com a placa ‘Faço Parte dessa História’.

Confira vídeo

Publicidade

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

Manchete

Colunistas e Artigos

+ Publicações >>>>>>>>>

Sobre o autor

Carlos Augusto
Carlos Augusto Oliveira da Silva (Carlos Augusto) é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) e Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF). Atua como jornalista e cientista social. Telefone: (75)98242-8000 | E-mail: [email protected]