Feira de Santana: Programa Arte de Viver oportuniza a revelação de talentos, diz músico

O cantor Dann Silveira realiza show no encerramento das atividades do Programa Arte de Viver no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana.

O cantor Dann Silveira realiza show no encerramento das atividades do Programa Arte de Viver no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana.

Convidado para se apresentar no encerramento das atividades do Programa Arte de Viver no Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU) do Bairro Jardim Acácia, em Feira de Santana, o cantor Dann Silveira se impressionou com o resultado do trabalho desenvolvido através da iniciativa da Fundação Egberto Costa, na localidade. Apresentações de Street Dance e Balé, feitas por crianças e jovens da comunidade, fecharam em grande estilo as atividades do ano de 2017. O evento aconteceu no dia 13 de dezembro de 2017.

“O projeto Arte de Viver veio para levar conhecimento em arte para a população e acho isso fantástico”, disse Dan Silveira. Além de proporcionar oficinas gratuitas para a população no Centro de Cultura Maestro Miro, o programa também leva a arte e cultura até as comunidades, através dos CEUs (Centros de artes e esportes unificados), situados em três bairros: Cidade Nova, Jardim Acácia e Aviário.

Oportunidade de se expressar e se descobrir, observa professora

A professora de balé, Maristela Montes, não escondeu o orgulho e a satisfação diante da apresentação das onze alunas. “Elas chegaram para se apresentar, encarar uma plateia, e isso não é fácil. Mas ao mesmo tempo é importante para o desenvolvimento delas. E é isso que o Arte de Viver proporciona: a oportunidade de se expressar e se descobrir”.

Libertação através da dança

A turma de Street Dance fechou o ano com 22 participantes. “Em um ano de trabalho, todas as mulheres que fazem parte do Street Dance demonstraram um desenvolvimento corporal e na autoestima. Muitas delas admitiram que passaram se olhar mais como mulher. A dança veio para trabalhar toda essa parte de expressão, e para libertar cada uma”, destacou o professor de dança Itamar Silva.

Aluna diz que atividade a livrou do estresse

Participando do curso de street dance há um ano e meio, Sueli revela que a atividade a livrou do estresse. “Hoje não imagino mais a minha vida sem a dança. Melhorei em muita coisa em minha vida, e acredito que foi por conta dessa nova rotina”, declarou.

A coordenadora de Atividades do CEU Jardim Acácia, Emanuelle Cerqueira, observa que as oficinas estão a cada dia mais somando na vida das pessoas da comunidade. “Sentimos isso no dia a dia. Este ano oferecemos oficinas de Street dance, pintura em tela, ballet infantil, ballet baby e dança de salão. Todas com boa participação da população e ótimos resultados”.

O evento contou também com a apresentação da bailarina de dança do ventre, Edsarah Oliveira, e do professor de ballet clássico, Rafael Carneiro. O CEU Jardim Acácia é coordenado por Hemerito Gonçalves Neto.

Compartilhe e Comente

Faça uma doação ao JGB

Redes sociais do JGB

Publicidade

Publicidade

+ Publicações >>>>>>>>>

Manchete

Colunistas e Artigos

Sobre o autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]